Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

Uma volta de bicicleta

04.06.15, Helena Le Blanc

Ontem à noite, quase a terminarmos o jantar, o meu marido lança "para cima da mesa" uma proposta: 

 - Vamos andar de bicicleta.

Olhei para ele e a minha expressão transmitiu-lhe claramente o que eu achava da ideia. Depois de um dia de muito trabalho, de uma semana especialmente difícil, não precisava de atividades que exigissem esforços extraordinários. 

No entanto, no meio segundo que levei a responder, apesar da minha expressividade, pensei nas Famílias de Caná e no que têm andado a partilhar/ensinar e, respondi "ok".

O meu marido não teve qualquer reação. Continuou a comer. Ao terminar, disse para nos começarmos a preparar que ele tirava a mesa num instante. 

Eu fui calçar as botas de borracha ao Xavier (o que estava mais à mão) e vesti-lhe dois casacos. Foi de calças de pijama. Eu calcei umas sapatilhas, vesti um casaco e saímos de casa, nas nossas bicicletas.

Eu mal estava em mim: depois de um dia de trabalho, cansadíssima, ia dar uma volta de bicicleta com a minha família! Pensei: coragem Helena. Já não dá para voltar atrás!

IMG_3425.jpgIMG_3435.jpg

 

 

Saímos por volta das 20h45, ainda com a luz do dia. Durante o nosso passeio começou a anoitecer. Demos uma volta de 3 kms por Sangalhos. O James começou por nos levar até à casa onde vive um dos melhores amigos do nosso filho.

Fiquei surpresa como, a esta hora do dia, tudo está tão calmo nesta vila! Não passaram mais de 5 carros por nós, nem 5 pessoas na rua. Todos estavam nas suas casas, a jantar, a ver televisão, a conversarem, a soldarem um portão, a beberem, a ralharem com as crianças... Vimos e ouvimos de quase tudo.

Foi muito bom passear a esta hora! 

IMG_3436.jpgIMG_3437.jpgMais uma bela ideia do meu marido, e uma grande surpresa para mim, pois de longe imaginava que iria ser tão bom, e que iria sentir-me tão bem!

Foi importante este momento para nós os três!

Poderíamos ter ficado em casa, a ver televisão, a tratar da roupa, a colocar a maquina da loiça a lavar, a apanhar lixo do chão, a dar comida e água aos animais, a regar as plantas, a arrumar roupa, a tirar alguma coisa do congelador para o jantar de amanhã, a fazer a lista das compras, a preparar a mochila do Xavier para amanhã, etc... 

Ainda bem que não o fizemos! Não foi um sacrifício, pelo contrário, foi uma bela surpresa, e não me faltou tempo para as obrigações domésticas!

Experimentem...

 

2 comentários

Comentar post