Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

Movimentos religiosos

03.08.16, Helena Le Blanc
Caríssimas/os Amigas/os: Na ultima vez que "bloguei" - será assim? - falei sobre a nossa grande novidade: o movimento das Famílias de Caná formalmente (e finalmente) reconhecido pela igreja dos homens. Lembro-me de, nas vésperas, refletir sobre o caminho que nós (eu e a minha família) percorremos desde que aceitámos fazer parte desde movimento. Tanta coisa mudou, em nós e em mim! Porquê fazer parte de um movimento se afinal todos somos católicos? Esquisito? Não faz sentido? ... (...)

Retiro de Natal: FATIMA!

28.12.15, Helena Le Blanc
Uma excelente forma de terminar o Natal em beleza e de começar o ano novo com o "pé direito": participar num retiro das Famílias de Caná! Ter a oportunidade de ouvir falar, por um bocadinho, de coisas que eu não sei e que poderão ser muito importantes para a felicidade da minha família, para além de conviver com outras famílias, conhecer pessoas e lugares, ou até ter somente o simples prazer de passear, é de agarrar com ambas mãos. Nós tínhamos "n" de preconceitos relativo a (...)

A beleza das coisas de DEUS!

20.10.15, Helena Le Blanc
Desde que me conheço, que a arte religiosa e a arte sacra atraem-me! Não consigo deixar de visitar uma Igreja ou um Museu de cariz religioso sem tirar "n" de fotografias! Quando comecei a namorar, o meu marido notou logo esta minha tendência. Ofereceu-me uma câmara fotográfica CANON XPTO. Fiquei deliciada mas, rapidamente percebemos que o meu gosto por tirar fotografias não se prendia exatamente à qualidade da fotografia em si, mas ao objeto da fotografia. Não dava jeito nenhum (...)

Como me senti nos últimos dias!

03.08.15, Helena Le Blanc
Do deserto à tempestade...   Não sei bem como nem porquê mas a chegada do Verão e desta época confusa de ir de férias, depois ir trabalhar, para depois ter mais um período de férias e para retomar outra vez o trabalho, costuma a afetar-me bastante. Acho que sair da rotina, planear outros locais, sítios e rotinas, especialmente para as crianças porque os pais não têm tanto tempo de férias, faz com que facilmente nos esqueçamos do que é mais importante! Nós esquecemos-nos (...)