Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

13
Jun17

Uma peregrinação com crianças?! Estão malucos???

Helena Le Blanc

Pois, sim!

No início deste ano letivo um pequeno grupo de catequistas meteu na cabeça que a Paróquia de Mogofores, à semelhança de muitas outras, também deveria levar as suas crianças da catequese à PEREGRINAÇÃO NACIONAL DAS CRIANÇAS A FÁTIMA. 

Quando ouvi a ideia pensei em imediato nas crianças mais pequenas e cheguei à conclusão (natural) que certamente seria para as idades mais velhas. Qual quê?! Nada disso. A dita Peregrinação é exatamente para os mais pequenos, dos 6 anos 12 anos.

......

 

Bem... aí está uma coisa muito difícil de fazer! 

Como é que se leva um grupo de crianças pequenas numa peregrinação? Isto parece ser uma carga de trabalhos!

Mas felizmente o que parece muitas vezes não é de facto.

E foi assim que percorremos um enorme caminho até ao dia 10 de Junho, o dia da dita Peregrinação. Isto só foi possível por causa do entusiasmo e teimosia de alguns! A teimosia tornou-se uma graça! Uma graça para os restantes evangelizadores que se sentiram contagiados, uma graça para as crianças que participaram nesta atividade e uma graça para os pais que sentiram-se desafiados a algo mais!

O entusiasmo foi tanto que chegou à minha família e a uma nossa família amiga. Isto quer dizer que o Xavier de 4 anos também foi e andou lá no meio das outras crianças.

Fomos todos juntos no autocarro. As crianças pagaram 6,50 e os adultos 10, valores muito pequenos tendo em conta o custo do aluguer do autocarro, as portagens, uma t-shirt e um boné para cada um.

 

Para saberem mais pormenores poderão ver AQUI (no site das Famílias de Caná).

 

Quanto à nossa família, gostamos muito de:

- Ver o nosso Xavier de 4 anos no meio dos outros, com a mesma energia e interesse;

- Podermos caminhar (e namorar) os dois sem termos a preocupação de vigiar o filhote;

- Conhecer melhor outras crianças da nossa catequese;

- Observar a multidão que se concentrou nesse dia no Santuário: que beleza!

- Estar sentados no chão do Santuário, na Cova de Iria, e observar a Basílica;

- Reparar no sol que foi construído e colocado ao lado do altar para ilustrar a temática da Peregrinação (e restantes elementos que serviram de cenário);

- Observar os outros grupos de catequese que estavam junto de nós;

- Ouvir o D. António Marto (Bispo de Leiria-Fátima), especialmente quando ele (com sotaque) dizia "amiguitos, amiguinhos";

- Cantar os parabéns a Nossa Senhora e ver o lançamento dos balões. O James sussurrou-me nesta altura: estava a ver se conseguia ver uma imagem formada pelos balões!

- Receber uma azinheira para plantarmos lá em casa;

- Almoçar sentados no chão de terra com relva (fofinha) debaixo de uma árvore, na companhia de muito boa gente!

- Colocar a conversa em dia com algumas catequistas que já são grandes amigas;

- Conhecer um pouco melhor outros catequistas;

- Cantar e rezar o terço no autocarro.

 

Eu não vi o espetáculo que foi feito na Santíssima Trindade.

O James também não conseguiu ver quase nada porque o Xavier nessa altura estava muito irrequieto. Disseram-me que foi uma apresentação "muito à frente", bem ao gosto das nossas crianças e jovens!

 

Do que é que não gostamos? Não me lembro!

Chegamos cansados e felizes!

 

Ah.... e também gostamos muito de jogar POKEMON GO no Santuário enquanto esperávamos pela Missa e depois da Missa. Eu não fazia ideia que o santuário tinha tantas pop stations! 

Depois de terminar a Eucaristia, e tendo nós começado a andar, o James apanhou pelo menos 25 pokemons. Fixe!

 

Só me resta dizer: que belíssima ideia! 

 

 Aqui ficam algumas fotografias:

IMG_3818.JPG

IMG_3721 (2).JPG

IMG_8096.JPG

DSC_9472.JPG

DSC_9476.JPG

DSC_9478.JPG

IMG_8117.JPG

IMG_8122.JPG

DSC_9521.JPG

DSC_9517.JPG

DSC_9527.JPG

DSC_9528.JPG

DSC_9543.JPG

DSC_9549.JPG

DSC_9553.JPG

DSC_9560.JPG

DSC_9573.JPG

DSC_9574.JPG

DSC_9586.JPG

DSC_9588.JPG

DSC_9615.JPG

IMG_8158.JPG

DSC_9643.JPG

DSC_9652.JPG

DSC_9663.JPG

DSC_9665.JPG

DSC_9666.JPG

DSC_9673.JPG

IMG_3739.JPG

IMG_3751.JPG

IMG_3764 (1).JPG

IMG_3766 (1).JPG

IMG_3767 (1).JPG

IMG_3769 (1).JPG

IMG_3775.JPG

IMG_3780 (1).JPG

IMG_3785.JPG

IMG_3793 (3).JPG

IMG_3797.JPG

IMG_3802 (3).JPG

IMG_3803.JPG

IMG_8213.JPG

IMG_3716 (1).JPG

 

18
Mai17

Foi um sábado para esquecer (ou não)!

Helena Le Blanc

Recentemente fui com um grupo de amigas a Fátima (XXI Peregrinação Nacional dos Acólitos a Fátima  - AQUI).

Fomos num sábado e viemos no domingo. 

Este sábado foi muito especial... ficou marcado na minha memória como o dia tive muitas limitações cognitivas!

Tinha dormido pouco nas duas noites anteriores e por isso o meu cérebro recusava-se a funcionar. Assim senti-me muito mal por mim e pelas minhas amigas que me acompanhavam, porque eu estava a ser uma péssima "organizadora". 

 

Perdi-me nas estradas da cidade de Fátima, várias vezes. Não é que Fátima seja grande mas tem muitas estradas de sentidos únicos, e o GPS que é uma excelente ferramenta foi um grande motivo de frustração, não me ajudou em nada.

O grande problema foi encontrar a entrada da Casa de Retiros de Nª Sª das Dores (quando já tínhamos ido à Casa de Retiros da Nossa Senhora do Carmo por engano). Eu baralhei-me toda nesse dia: qual era a Casa onde ficávamos, o acesso à Casa, etc... Só o apoio e a descontração das minhas amigas é que me fizeram continuar e não desistir (segurando as lágrimas de frustração).

Depois de várias peripécias (de paragens abruptas num transito intenso), lá encontramos, graças às minhas companheiras!

 

O que são as Casas de Retiros? São duas e situam-se uma de cada lado do Santuário. São da gestão do Santuário e a preço acessível encontramos instalações limpas, confortáveis no suficiente, e seguras. Senti-mo-nos protegidas e acarinhadas. Só conseguimos marcação se formos credenciados pela igreja.

 

fullres_79.jpg

 

Eu tive a oportunidade de ficar em cada uma delas em formações que participei do Serviço Nacional de Acólitos (SNA) e gostei muito de ambas. E foi curioso quando soube que seria numa delas que iria ficar o Papa Francisco na sua recente visita a Portugal.

Retomando a minha história, lá encontramos a Casa de Retiros de Nª Sª das Dores

As minhas amigas ficaram muito curiosas com o edifício e a dinâmica. Esta Casa têm claramente duas zonas de estilos diferentes. Nós ficamos numa zona que, segundo a minha amiga Lurdes, parecía que estavamos num hospital (que do nosso ponto vista é muito bom).

O edifício teria tido no passado algum serviço de saúde?

Pois bem companheira Lurdes, investiguei e encontrei:

 

Casa de Retiros de Nª Sª das Dores - É a casa-mãe das Irmãs Reparadoras de Nª Sª de Fátima e o Posto de Socorros do Santuário de Fátima. É o Albergue dos Doentes que começou a ser construído em 1926. Sempre acorreram muitos doentes a este local.

Esta Congregação das Irmãs Reparadoras de Nª Sª de Fátima, cujo fundador é o Padre Manuel Formigão, surgiu em 1926 por inspiração de Santa Jacinta Marto.

 

Casa de Retiros de Nª Sª do Carmo - projetada pelo Arquiteto José Carlos Loureiro. É onde está a Reitoria do Santuário (Serviços de Administração, Serviço de Alojamentos, Serviço de Estudos e Difusão, Serviço de Pastoral Litúrgica.

 

Explorando a Casa encontramos uma capela: 

IMG_2538-002.JPG

Na sua entrada, a receber as pessoas, encontramos o Anjo...

IMG_2541-001.JPG

Uma capela lindíssima. Eu que não sou nada fã da arquitetura de vanguarda, mas esta capela é mesmo (outra vez) lindíssima!

De repente tudo valeu a pena para chegar até aqui.

IMG_2534-001.JPG

Aqui podemos ver o altar mais de perto. Vejam a maravilha desta pedra (mármore suponho) cor de rosa com a cruz presa ao teto daquela forma:

IMG_2528-001.JPG

 Um panorama do lado esquerdo e do lado direito do altar:

IMG_2529-001.JPGIMG_2524-001.JPG

 Em pormenor o sacrário (a caixa dourada em cima do pilar) sob o olhar da imagem de Nossa Senhora de Fátima:

IMG_2526-001.JPG

 A parede esquerda...

IMG_2525-001.JPG

que recebe a luz do dia...

IMG_2522-001.JPGSuponho que seja possível visitar esta capela (solicitando na receção) sem estarmos hospedados nesta Casa de Retiro.

Tenho a impressão que irei descobrir isso em breve.

 

Num cantinho desta capela encontramos uns papelinhos com esta oração:

IMG_2543-001.JPG

10
Mai17

O que é isto?

Helena Le Blanc

Há largos meses reparei nesta novidade no Santuário de Fátima: um pórtico.

pórtico - um portal de edifício nobre; uma entrada que dá acesso a algo grandioso.

 

O Santuário decidiu marcar o Centenário das Aparições (1917-2017) com a construção desta entrada nobre e especial. Chamaram-lhe o Pórtico do Centenário e foi desenhado pela Arquiteta Joana Delgado.

 

IMG_2551-001.JPG

 

Se repararem todas as entradas do recinto têm estes pórticos, sendo este (o da foto) o principal, o início do itinerário do peregrino. Tanto os cortejos como procissões deverão passar por este Pórtico principal, o Pórtico Centenário que está no alto do Recinto de Oração. Será o marco no recinto da celebração dos 100 anos das aparições.

Digamos que é uma porta santa que tem no seu topo uma cruz. 

Mas o mais interessante é que esta construção evoca um outro arco. Vejam esta foto:

 

pastorinhosnacova.jpg

Os 3 pastorinhos tiraram uma foto junto ao arco que foi construído para marcar o sítio exato das aparições de Nossa Senhora, no ano de 1917.

Muito bem pensado e lembrado!

As lanternas remetem para as candeias, a luz que rompe as trevas, e que o Papa João Paulo II assim referenciou os dois pastorinhos, Jacinta e Francisco na sua beatificação.

 

O Santuário convida-nos a rezar o símbolo dos Apóstolos junto a este Pórtico "em atitude batismal e a reafirmar as verdades da fé cristã." Encontramos junto deste folhetos do Santuário em que propõem, em sete línguas, esta oração e outras a serem proferidas nos diversos lugares principais deste santuário.

"Colocando em Deus toda a minha esperança e confiança, professo a fé que me move a adorá-lo e a amá-lo - a fé da Igreja, de que sou parte -, tomando as palavras do Símbolo dos Apóstolos:

 

Creio em Deus,

Pai todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra;

e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor;

que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;

nasceu da Virgem Maria;

padeceu sob Pôncio Pilatos,

foi crucificado, morto e sepultado;

desceu à mansão dos mortos;

ressuscitou ao terceiro dia;

subiu aos Céus;

está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso,

de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo;

na santa Igreja Católica;

na comunhão dos Santos;

na remissão dos pecados;

na ressurreição da carne;

na vida eterna.

Ámen."

 

 

Sigam-me

Comentários recentes

  • Helena Le Blanc

    Ola!Obrigada Sr./Sr.ª Desconhecido(a).Vou dar notí...

  • Anónimo

    Mudou-se para o sapo e nunca mais escreveu?Dê notí...

  • Bruxa Mimi

    Boas leituras, Lena!Bjs,Mimi

  • Anónimo

    Bela ideia! Acho que o senhor padre este ano quer ...

  • Helena Le Blanc

    Ola Teresa!É difícil não te reconhecer pelo conteú...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim

foto do autor