Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

08
Fev17

Santa Bakhita, sabem quem é?

Helena Le Blanc

Como ultimamente não tenho escrito de forma regular, e ontem não estava a contar em escrever sobre a Festa das Cinco Chagas do Senhor, achei sinceramente que iriam passar vários dias até conseguir escrever outro texto/post.

Enganei-me.

Agora há pouco, enquanto verificava mais umas faturas/recibos no e-fatura (tenho que verificar de 6 pessoas e o prazo está a ficar apertado) o James pediu para verificar se tínhamos um determinado programa no portátil.

Eu respirei (interiormente) duas vezes e acedi de forma muito tranquila. Já é difícil ter a motivação certa para verificar as faturas/recibos mas com interrupções não urgentes o meu termómetro começa a subir em flecha!

Enquanto ele verificava o que queria, peguei no meu telemóvel e vi um pouco "as notícias do dia" no facebook. 

Reparei numa coisa hiper-super-interessante: a Catholic All Year informava que hoje é o dia de Santa Bakhita.

JosefinaBakhita_08Febrero.jpg

O meu coração deu um pequeno pulo. Eu "conheço-a"!

Como?

A Teresa Power há algum tempo atrás, no âmbito da formação para catequistas na Paróquia de Mogofores, já nos tinha falado dela, a primeira santa africana. 

40025C.JPG

Na altura eu reagi de forma mais ou menos indiferente, no entanto uma amiga minha (muito próxima) "delirou" com esta santa. Depois de saber mais sobre ela e ler a história dela ficou completamente "apaixonada" - sem ofensa para o seu marido.

Portanto, percebi que hoje era o dia dela. Imediatamente reencaminhei o texto para a minha querida amiga (tradução do google radutor):

"Feliz festa de São Joséfina Bakhita! Nascida no Sudão em 1869, foi raptada por traficantes árabes de escravos aos sete anos de idade e escravizada na Turquia. Depois de anos de abuso, ela foi comprada por um diplomata italiano que a trouxe de volta para a Itália, e a deu um amigo.

Ela aprendeu sobre a fé católica ouvindo as lições de catecismo dadas pelas Irmãs Canossianas à Bakhita. Ela foi batizada e confirmada em 1890. Quando a família decidiu retornar à África, Josephine se recusou a ir com eles, sendo eventualmente libertada pelos tribunais italianos. Alguns anos depois, ela se tornou uma irmã Canossiana.

Mais tarde, ela escreveu: "Se encontrasse aqueles negreiros que me raptaram, e mesmo aqueles que me torturaram, ajoelhar-me-ia para beijar as suas mãos; porque, se isto não tivesse acontecido, eu não seria agora cristã e religiosa". (...) O Senhor amou-me tanto: devemos amar todos ... devemos ser compassivos! " 

 

Fiquei pensativa. Pesquisei (depois da nossa sessão/atividade familiar depois de jantar - filme dos Trolls em que acabamos todos a dançar feitos maluquinhos) li um pouco mais AQUI e AQUI, ficando impressionada com a força e coragem desta pessoa.

1863 _torso_2.jpg

Passou horrores na sua vida, sendo maltratada, chicoteada, escravizada durante muito tempo, vendida diversas vezes, etc... E no entanto não guarda nenhum ressentimento contra os homens, o ser humano em geral e em particular! Nada.

Uma pessoa que depois de viver um inferno durante anos não ficou "recalcada"! Suponho que seja um desafio para a psicologia moderna.

Agora, sem ironias, como é que é possível?! 

Uma menina, não sabendo nada do mundo, submeteu-se a tudo e a todos, aguentando conforme pôde, conseguia e sabia, para somente servir ao próximo, fosse quem fosse!

Que grande senhora! Que grande alma! Que grande exemplo para todos nós: fartamo-nos de queixar por tudo e por nada (e falo mesmo por mim própria!)

...

Não consegui resistir a não escrever este post!

 

Santa-Josefina-Bakhita.jpg

 

 Santa Josefina Bakhita (a abençoada),

também conhecida por Irmã Moretta,

rogai por nós!

 

 

P.S. - Amiga, querida amiga, tal como falamos eu vou conseguir-te a imagem desta Santa. Já a encontrei. Agora só basta encomendar e esperar algum tempo, pois a viagem será longa.

 

 

23
Set16

Vaticano: Teresa de Calcutá parte 2

Helena Le Blanc

Em Itália observámos muitas vespas e bicicletas,

_DSC6471.JPG

como também muitos grupos, em especial ligados à Misericórdia.

Escuteiros:

DSC_6943.JPG

 

Enfermeiras:

_DSC6479.JPG

 Grupos religiosos: 

_DSC6694.JPG

_DSC6691.JPG

 Atravessamos duas barreiras diferentes de segurança, e apresentar o bilhete de entrada.

_DSC6689.JPG

_DSC6701.JPG_DSC6675.JPG

IMG_6494.JPG

_DSC6707.JPG

7h30 da manhã e a praça estava praticamente cheia!

_DSC6709.JPG

_DSC6715.JPG

_DSC6717.JPG

_DSC6718.JPG

_DSC6720.JPG

_DSC6721.JPG

_DSC6723.JPG

_DSC6724.JPG

_DSC6725.JPG

DSC_6797.JPG

DSC_6788.JPG

DSC_6781.JPG

Distribuiram por todos os presentes um livrinho para acompanharmos a cerimónia.

_DSC6770 (1).JPG

 Enquanto ainda se preparava o altar e o lugar da presidência (o Santo Padre), uma voz, dos altifalantes começou a falar, desafiando todos os presentes para rezarem o terço. E assim todos os que estavam rezaram o terço, em latim:

IMG_6492.JPG

 Este foi um dos meus momentos preferidos desta viagem: rezar o terço em latim.

 A procissão das oferendas, onde ia a relíquia da Santa Madre Teresa:

DSC_6833.JPG

DSC_6840.JPG

 

DSC_6885-001.JPG

A formula da canonização. A missa foi toda em latim, a língua "universal no Vaticano" se é que posso dizer isto.

IMG_6495.JPG

DSC_6897.JPG

DSC_6917.JPG

 Quanto tive a oportunidade de tirar uma foto ao Santo Padre, foi esta que consegui:

DSC_6933 (2).JPG

 As minhas mãos estavam na camera, mas os meus olhos estavam n´ELE!

Também seria muito difíceil tirar uma foto já que todos os presentes desejavam a mesma coisa:

DSC_6935.JPG

 Termino com este pequeno vídeo:

 

 

 

03
Set16

o silêncio na minha vida

Helena Le Blanc

"Silêncio do espírito e do coração" 

 

Santa Madre Teresa de Calcutá, num belo dia, disse: "não podemos falar antes de O escutar no silêncio dos nossos corações."*

Isto ainda à cerca do segredo dela: simplesmente rezar.

IMG_4952 (1).jpg

"A oração começa pelo silêncio interior".*

"Se queremos rezar, temos que aprender a escutar primeiro porque Deus fala no silêncio do coração".

Penso: ontem quantas vezes é que o meu espírito e coração estiveram em silêncio? Acho que nenhuma. Estou a lembrar-me do momento mais pacifico que tive: conduzir quatro viagens, entre Sangalhos e Anadia.

Estive em silêncio, a conduzir e a observar? Não.

Ouvi o www.passo-a-rezar.net. Ok. É um mini programa de 10 minutos de oração diária, mas... onde está o meu silêncio? O silêncio do espírito, dos olhos, das palavras?

Não está.

Não tenho.

 

Silêncio - ausência total ou relativa de sons; ausência de comunicação, ainda que por meios diferentes da fala.

Voto de silêncio - algumas Ordens religiosas católicas fazem este voto: redimir toda a vida num sagrado silêncio durante o trabalho e oração.

 

Não falar durante algum tempo até consigo: há dias que é uma bênção. Mas silenciar o meu espírito e coração? Aí está uma coisa complicada para mim.

A Madre Teresa de Calcutá refere o exemplo de Maria, a Mãe de Jesus. Nos 4 evangelhos, e Atos dos Apóstolos, verifica-se que Nossa Senhora é uma pessoa silenciosa. É assim que é retratada em filmes e peças visuais. "Guardava todas as recordações como um bem precioso e meditava-as no seu coração".* Foram várias as situações que ela poderia ter interferido, falado e silenciado os demais. Mas ela sempre optou pelo silêncio, pois era nele que encontrava a união íntima com Deus. Ela dava a primazia a Deus, para resolver e solucionar.

IMG_1260.jpg

Silenciar os meus olhos? Outra coisa complicada. 

"Os nossos olhos são como janelas através das quais Cristo ou o mundo chegam ao nosso coração. Precisamos frequentemente de muita coragem para os manter fechados". *

É difícil escolher não ver, desviar o nosso olhar ou fechar os olhos. Quantas vezes faço isto? 

Raramente, para não dizer nunca (e parecer muito mal).

A Madre afirma vivamente que Deus fala-nos por intermédio das outras pessoas, mas para isso é preciso nos calarmos e ouvirmos as outras pessoas.

Quantas vezes eu me calo para ouvir deliberadamente, e não por expetativa e curiosidade? Raramente.

Também diz que quando meditamos, Deus fala diretamente connosco.

IMG_5138.jpg

Na criação, as flores, as árvores, as ervas crescem em silêncio profundo. As estrelas a lua e o sol deslocam-se em silêncio.

E eu?

Eu sou uma pessoa barulhenta, que procura atrair todas as atenções!

 

"O essencial não está naquilo que dizemos, mas naquilo que Deus nos diz e naquilo que Ele transmite por nosso intermédio".*

 

Meu Deus, Meu Pai.... Eu não consigo sem a tua ajuda. Sou demasiadamente humana. Concedei-me a graça de silenciar os meus olhos, o meu espírito e o meu coração, para poder estar em união íntima contigo.

 

IMG_4962.jpg

 

in ""Oração: Frescura de uma Fonte", capítulo 4, 

de Madre Teresa de Calcutá e do Irmão Roger de Taizé, Edições Paulus, 2006

 

Sigam-me

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mais sobre mim

foto do autor