Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

26
Nov16

Outra surpresa no correio

Helena Le Blanc

Há uns tempos atrás recebi uma surpresa no correio: AQUI.

Pois bem, recebi outra surpresa no correio.

Eu sabia que provavelmente iria receber. Tinha visto um artigo do site ALETEIA (AQUI) que poderia receber uma relíquia da Santa Teresa de Calcutá. Segui as instruções. Troquei alguns email com a congregação das Irmãs da Caridade de Roma e fiquei na expetativa...

Esta relíquia iria ser muito especial: para além de ser a nossa primeira, nós tínhamos concebido um bebé no fim de semana da sua canonização em Roma (AQUI).

Portanto, depois do que aconteceu (AQUI) nunca mais me lembrei disto. 

Chegou... logo depois da nossa perda.

Fiquei... não sei como. Não consigo descrever o que senti ao olhar para o envelope. Fiquei um bocado assim, a olhar para o envelope sem abrir. Primeiro a tentar "digerir" e depois a tentar decidir o que haveria eu de fazer!

Abri (obviamente).

Foi com muito interesse que eu e o James observamos o que vinha lá dentro: 

- uma medalha para cada um;

- uma pagela com uma oração em português para cada um;

- uma pagela plastificada com um bocadinho de tecido para cada um - a relíquia (bolinha na foto com um pedaço de tecido branco).

 

Esta viajou de Calcutá para Roma, depois de ter tocado o túmulo de Santa Teresa de Calcutá, sento então uma relíquia de 2º grau (espero estar a dizer bem).

 

Retomando, antecipei alguma tristeza ao abrir o envelope mas, pelo contrário foi uma lufada de ar fresco.

Ficamos muito animados com as relíquias, dividindo entre nós imediatamente todos os objetos.

Pedi a relíquia com muita alegria e também a recebemos com muita alegria, porque sabemos que a Santa Madre Teresa de Calcutá continua o seu trabalho de misericórdia, intercedendo pelos mais pobres, mais fracos, pelos mais infelizes, pelos mais pecadores...

 

IMG_8221.JPG

 

Esta relíquia poderá ser um bom "amuleto".

Há muitas pessoas que agarram-se a objetos para lhes dar proteção e confiança, suponho

Amigo(a), porque é que não pedes uma relíquia para ti também? Não importa o resto, se és mais ou menos católico ou religioso... Não tens nada a perder: AQUI

O mundo sabe que a Madre Teresa de Calcutá foi uma mulher extraordinária, 

A minha relíquia coloquei-a na minha carteira. A medalha está numa pulseiro que uso frequentemente.

IMG_8222.JPG

 

Santa Teresa de Calcutá,

tu permitiste que o amor sedento de Jesus na cruz se tornasse uma chama viva dentro de ti, e assim chegaste a ser luz do Seu amor para todos. Obtém do Coração de Jesus .... (fazer o nosso pedido)

Ensina-me como deixar que Jesus penetre e possue todo o meu ser, tão completamente, que a minha vida também possa irradiar a Sua Luz e amor para os outros. 

Ámen

 

(Oração na pagela que recebemos)

 

03
Mai16

A verdadeira Cruz de Jesus Cristo: onde está?

Helena Le Blanc

Hoje, dia 3 de Maio, celebrava-se nos tempo antigos, a festa da "invenção da Santa Cruz".

A palavra "invenção" tinha o significado de encontro ou descobrimento. 

Significa que há uma tradição/história relativo à descoberta da verdadeira cruz em que Jesus Cristo morreu crucificado, em Jerusalém. 

Onde está essa Cruz? Foi descoberta? Se sim onde é que ela pára?

E esta é a minha ultima surpresa relativo ao meu nome próprio!

IMG_2774-003.JPG

Santa Helena, com alguma idade, pediu ao filho (o Imperador Romano Constantino I) que a ajudasse a mudar a sua residência para Jerusalém. Ela queria visitar todos os lugares por onde Jesus passou, desde o seu nascimento até à sua morte. O seu filho acedeu colocando à sua disposição todos os meios necessários.

santa-helenajpg2282012143255 (1).jpg

Quando Santa Helena chegou a Jerusalém constatou que o seu filho já tinha mandado demolir todos os edifícios pagãos que tinham sido entretanto construídos nos lugares santos.

Mas ela tinha em mente uma coisa diferente: encontrar a verdadeira cruz do Senhor.

O que é que teria acontecido com essa Cruz? 

Mandou fazer escavações no Calvário. Encontraram 3 cruzes, muito idênticas no dia 3 de Maio de 326 d.c.

Qual delas é que seria a verdadeira?

Santa Helena decidiu testá-las. Tinha conhecimento de uma senhora bastante doente. Aproximou cada uma das cruzes tocando na dita senhora. A doente recuperou totalmente de saúde ao ser tocada pela terceira cruz.

Este exercício foi acompanhado, para além da Santa Helena, também pelo Sr. Bispo S. Macário.

Mal perceberam qual era a verdadeira cruz, levaram-na em procissão para a cidade, prestando-lhe grandes homenagens.

Então a verdadeira cruz foi encontrada. Mas nos dias de hoje, onde é que ela está?

Esta cruz foi dividida em 3 partes. Uma ficou em Jerusalém, outra foi enviada para Constantinopla e a terceira para Roma.

 

Em Roma, a Santa Helena mandou construir uma Basílica para acolher esta relíquia: Basílica de Santa Cruz em Jerusalém. Na época todo o chão foi revestido com terra de Jerusalém.

800px-Santa_Croce_Gerusalemme_Rom_2009 (1).jpg

Em Constantinopla o Imperador Constantino recebeu-a com muita alegria. O que aconteceu depois? Não  encontrei nenhuma informação relativo a esta parte da cruz.

Em Jerusalém, Santa Helena fez erguer a Basília do Santo Sepulcro ou da Ressurreição ou da Santa Cruz para guardar a principal parte da cruz.

Holy_sepulchre_exterior (1).jpg

Com o Concílio Vaticano II, a Festa da Santa Cruz, em 3 de Maio, juntou-se a outra festividade: a Festa da Exaltação a Santa Cruz celebrada em 14 de Setembro. Esta têm outra história, que fica para um futuro post.

 

IMG_2774-004 (2).JPG

 

"Nós Vos adoramos, e bendizemos, ó Jesus,

que remistes o mundo pela Vossa Santa Cruz!"

 

Tenho que descobir a minha cruz! E é fácil!

Agora beijá-la, abracá-la e procurar levá-la dignamente é que é muito mais difícil!

 - Jesus, tu num corpo humano, como é que conseguiste? Como é que o fizeste, quando Príncipe da Terra e dos Céus, poderias ter parado tudo e resolvido com um simples dedo ou pensamento! Como deve ter sido difícil beijar, abraçar e levar a cruz, obedecendo ao grande Pai! O teu amor é grande e infinito!

 

 

Curiosidade / desafio:

Para escrever este texto, para além do Livro da história de Santa Helena, apoiei-me num blog brasileiro interessantíssimo que encontrei: "Capelas de Santa Cruz". Todos os posts são sobre a Cruz. O seu autor faz pesquisa (e recebe informações) sobre todas as igrejas e capelas que têm o nome de Santa Cruz, para além de explorar a temática.

Mas percebi uma coisa: não têm nenhuma Igreja ou Capela portuguesa.

E se lhe enviassemos material?

 

 

Sigam-me

Comentários recentes

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mais sobre mim

foto do autor