Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

12
Fev19

Bíblia: "Journaling" no estrangeiro!

Helena Le Blanc

Eu comecei a interessar-me mais por esta atividade e arte espiritual (eu diria arte sacra amadora) quando percebi que nos outros países existem muitos fãs! 

Pedi para entrar em três grupos fechados do Facebook (sendo que existem mais): 

Também se encontram pessoas a fazer "journaling" nos dois grupos seguintes mas  já são grupos que têm mais coisas, como sugestões de estudos, livros, e pedidos de oração por exemplo:  

Se quiseres aderir irás ter que responder a duas ou três perguntas orbigatórias já que são grupos fechados não públicos. As pessoas que fazem parte deles (comunidades) professam a Fé Cristã, mas poderão não ser católicos. Há de tudo. Todos se dão bem porque os que une é Jesus Cristo e a Bíblia. 

Por exemplo, e com a autorização das artistas, deixo aqui alguns exemplos de trabalhos que me inspiraram nestes grupos:

 

   -  Vejam como a KATHRYN GNAGEY decorou a capa da sua Bíblia...

 

IMG_7060 (1).PNG

 

IMG_7058.PNG

 

-  Um trabalho de ANGEE BRICE:

 

IMG_7005 (1) (1).PNG

 

 - LIZ TRIMBLE-BREEDLOVE faz "journaling" na sua Bíblia mas também no seu diário espiritual (folhas soltas neste caso). Ora vejam:

 

IMG_7004 (1).PNG

 

- Como poderam ver na TIA STANFIELD, ela não desenha ou pinta na sua Bíblia. Só escreve. Também é estar na presença com Deus. Tudo vale desde que nos ajude a falar com Deus:

 

IMG_7006 (1) (1).PNG

 

- Mais um trabalho de NADINE DENHARDT:

 

IMG_7003 (1).PNG

 

Não é preciso ser um artista dotado. Eu não sei desenhar e no entanto não deixo que isso me trave e desanime. Assim criei um GRUPO DE FACEBOOK aberto e público, com o nome Bíblia: "Journaling" em português! para partilharmos os nossos trabalhos e dicas, de forma a inspirarmo-nos para o ENCONTRO COM O SENHOR!

 

Screenshot 2019-02-05 12.25.28.png

Bíblia: "Journaling" em português! 

 

"O meu amado é meu e eu sou dele"!

(Cântico dos Cânticos 2, 16)

 

15
Abr16

o nosso vizinho

Helena Le Blanc

Não é a primeira vez que falo dele!

Temos um vizinho muito especial!

Ele, desde o primeiro momento em que nos mudamos, mostrou-se muito curioso à cerca da nossa família. 

Aparecia e desaparecia.

O meu marido batizou-o: "wiglees".

E assim começou o nosso relacionamento.

Eu observava-o mas nunca lhe passei muita confiança.

O meu marido de imediato percebeu as suas necessidades.

Durante estes dois anos muita coisa de passou entre ele e nós. Houve aproximação (contacto), desconfiança (afastamento), curiosidade (interesse), ataque (territorial), coragem desmedida (entrada em nossa casa sem autorização), etc...

 

Ele é um gato.

Anteriormente já falei dos animais que temos na família, e não temos espaço para mais.

Mas este post é sobre pequenas coisas. A nossa missão passa por pequenas coisas, porque somos todos amados por Deus. Não é preciso gestos extraordinários para cumprir as expetativas do nosso criador, mas sim gestos de amor.5DBEB7E6-2F75-4374-92AE-78531858F9B0.JPG

O meu marido poderá não ter muitos conhecimentos doutrinários, mas o seu coração é o mais puro de nós os dois! E disso não tenho nenhuma dúvida. 

O James, apesar de saber que não há espaço para mais ninguém em nossa casa, não deixou de não assistir a este nosso vizinho, um ser vivo que merece respeito como qualquer outro ser vivo, criado por Deus.

Para além de lhe dar comida (mais baratucha do mercado mas seca, indicada para gatos), preparou-lhe um cantinho, no exterior da nossa casa, para que pudesse estar resguardado às intempérias. Ora vejam as fotos:

IMG_1022.JPGIMG_1021.JPG

E47C3B6F-E7A3-4199-9130-C96309ABFED1.JPG

Ele comprou na loja dos chineses uma caixa de transporte de cerveja, em esferovite. Depois, pegou numa velha t-shirt, cortou-a e usou-a como proteção da caixa de transporte.

Colocou uma pedra em cima para a caixa não estar suscetível ao vento.

O nosso vizinho gostou muito, e como tal passa muito tempo neste seu novo "nicho".

 

Pergunto eu:

Teria eu sido tão preocupada e generosa? Não.

Custou muito preparar este nicho? Não.

Foi muito dispendioso? Não. 

 

Não é preciso ser cristão para ser generoso.

Não é preciso ser rico para ser generoso.

Não é preciso ter especial estatuto para ser generoso.

Não é preciso ser heróico para ser generoso.

Não é preciso ser conhecido para ser generoso.

Não é preciso ser santo para ser generoso.

 

Quantas pequenas coisas poderei eu fazer e não faço? Muitas.

Quantas PEQUENAS coisas poderão fazer uma GRANDE diferença na vida de outros? Muitas.

Deus oferece muitas oportunidades para fazermos pequenas coisas, e nos encher de graças. 

 

Sigam-me

Comentários recentes

  • Anónimo

    O senhor de cima tem razão. “Instrumentum laboris...

  • deficientedonadecasa

    A família é o que temos de dar valor na vida, é o ...

  • Helena Le Blanc

    Caro Sr. António Antes de mais obrigada por ter co...

  • Anónimo

    Não concordo nada. O celibato dos padres é uma reg...

  • Teresa Power

    Vou comentando aos bocadinhos, desculpa ocupar-te ...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mais sobre mim

foto do autor