Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica à procura do colinho do SENHOR!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica à procura do colinho do SENHOR!

Ficha Técnica: 1ª Canonização em Portugal

Maio 08, 2017

Facto - O Papa Francisco decidiu canonizar os Beatos Jacinta e Francisco Marto nas celebrações do Centenário das Aparições no Santuário de Fátima - Cova de Iria.

 

Novidade - A celebração da Canonização irá ter lugar em Portugal pela primeira vez, e serão as crianças mais jovens a serem declaradas santas não-mártires.

 

Canonização - Proclamação solene que as crianças (neste caso) praticaram heroicamente as virtudes e viveram na fidelidade à graça de Deus. Desta forma a Igreja reconhece o poder do Espírito de santidade nelas e propõe-as como modelos e intercessores, e dignos de culto público universal.

  

Beatos Jacinta e Francisco Marto - Dois irmãos que nasceram em Aljustrel, na freguesia de Fátima, e viveram nos anos de 1908 a 1920, nas vésperas da 2ª Guerra Mundial. Eram crianças que trabalhavam no pastoreiro do rebanho da família, na zona da Cova de Iria. Testemunharam seis aparições de Nossa Senhora, entre Maio e Outubro de 1017. Sepultados na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima viveram uma curta vida mas rica em "fé, amor e oração"*.

JF.jpg

  • Jacinta Marto - Nasceu em 11 de Março. É descrita como tímida, serena e sensível para o sofrimento e para as dificuldades dos outros. "Tinha um coração cheio de compaixão por eles e de Devoção ao Imaculado Coração de Maria".** "A Jacinta era um novelo de amor, uma coisa incrível. Amor pelos pecadores, sempre a escolher, a inventar sacrifícios para que muitas outras pessoas viessem a conhecer a Deus".***  Morre com 9 nos, no Hospital Dona Estefânia em Lisboa, vítima de um surto de gripe pneumónica;
  • Francisco Marto - Nasceu em 11 de Junho. Depois das primeiras aparições, Francisco "vivia intensamente a oração contemplativa e passava muitas horas seguidas em adoração em frente ao sacrário, na Igreja Paroquial de Fátima"**. "O Francisco era muito calmo, e tornou-se um místico. Ele viu como o Anjo adorou a Eucaristia".*** Morre com 10 anos, em casa, vítima de um surto de gripe pneumónica.

 

 Pais de Jacinta e Francisco Marto - Olímpia de Jesus e Manuel Pedro Marto (conhecido como Ti´Marto). Sempre apoiaram os seus filhos. Sr. Manuel "não sabia ler nem escrever mas era muito espiritual. Ele dizia: a maneira como eu eduquei os meus filhos eles não eram capazes de inventar uma história destas".***

 

Festa litúrgica de Jacinta e Francisco Marto - 20 de Fevereiro, dia da morte de Jacinta.

 

A Cerimónia - Irá ser realizada em português. No Vaticano esta cerimónia é em latim. É um ato reservado ao Papa desde Séc. XII.

pope-francis-707373_1920 (1).jpg 

Relicários de Jacinta e Francisco - Durante a cerimónia são apresentados reliquias de 1º grau dos propostos. De Jacinta há uma madeixa de cabelo, e de Francisco um fragmento de osso da costela. Serão colocados em relicários em forma de candeia, e transportados sob um véu branco cujo centro têm uma cruz do pano das vestes dos batizados de Jacinta e Francisco.

  • significado da candeia - um objeto muito utilizado na época, em que servia para romper as trevas. Estas crianças chamavam ao sol de Nossa Senhor e à lua a candeia de Nossa Senhora. O Papa João Paulo II, no dia da beatificação destas crianças disse: tornarão-se "candeias que Deus acendeu para iluminar a humanidade nas suas horas inquietas e sombrias";
  • significado do véu - Estas crianças ousaram entregar a sua vida para Deus e para os outros, conforme a vocação que o Batismo nos confere. Tornaram-se "reflexo da luz branca com que Deus ilumina o mundo"**
  • significado de relicário de santo - dedicarei, em breve, um post a este assunto.

 

 

Processo de Canonização - Durou 65 anos. Se observar a cronologia do processo de Jacinta e Francisco Marto ficará com uma ideia concreta.

 

Cronologia do Processo:

  • 1952.04.30. Primeira sessão dos Processos Diocesanos sobre a vida, virtudes e fama de santidade de Francisco e de Jacinta Marto.
  • 1979.06.02. Conclusão do Processo Diocesano sobre a vida, virtudes e fama de santidade de Jacinta.
  • 1979.08.03. Conclusão do Processo Diocesano sobre a vida, virtudes e fama de santidade de Francisco.
  • 1981. Sessão plenária da Congregação das Causas dos Santos dedicada ao tema da possibilidade de se canonizar crianças, cujo resultado é unanimemente positivo. 
  • 1988. Entrega das Positio Super Virtutibus de Francisco e de Jacinta à Congregação das Causas dos Santos.
  • 1989.05.13. João Paulo II assina o Decreto sobre a heroicidade das virtudes de Francisco e Jacinta Marto.
  • 1997. Instrução do Processo Diocesano super miro, para discernir a cura de uma mulher portuguesa de uma paraplegia, atribuída à intercessão dos irmãos Marto.
  • 1999. Conclusão do Processo Diocesano, que declara a cura como rápida, completa, duradoura e cientificamente inexplicável. Redação e entrega da Positio super miro à Congregação das Causas dos Santos.
  • 1999.06.28. Promulgação, pelo Papa João Paulo II, do decreto da cura miraculosa por intercessão de Francisco e Jacinta, aprovando a sua beatificação.
  • 2000.05.13. Beatificação de Francisco e Jacinta por João Paulo II, em Fátima.
  • 2016. Instrução do Processo Diocesano super miro, para discernir a cura de uma criança brasileira, atribuída à intercessão dos Beatos Francisco e Jacinta Marto.
  • 2017. Conclusão do Processo Diocesano, que declara a cura como rápida, completa, duradoura e cientificamente inexplicável. Redação e entrega da Positio super miro à Congregação das Causas dos Santos.
  • 2017.03.23. Promulgação, pelo Papa Francisco, do Decreto da cura miraculosa por intercessão dos Beatos Francisco e Jacinta, aprovando a sua canonização.
  • 2017.04.20. Consistório onde se anunciou a Canonização para o dia 13 de maio de 2017, em Fátima.

 

 

Descrição da Cerimónia:

Depois do cântico e rito inicial, Bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto fará a petição e uma breve apresentação da biografia dos dois novos santos. Este e a postuladora da causa, Irmã Ângela Coelho, pedirão em três momentos sucessivos que os beatos sejam inscritos no "Album dos Santos".

Em seguida invocar-se-á a ladainha dos Santos.

O Papa Francisco solicitará a Deus que aceite as nossas preces e passará a ler a formula de canonização:

"Em honra da Santíssima Trindade, para exaltação da fé católica e incremento da vida cristã, com a autoridade de Nosso Senhor Jesus Cristo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e a nossa, após ter longamente refletido, invocado várias vezes o auxílio divino e escutado o parecer dos nossos irmãos no episcopado, declaramos  e definimos como Santos os Beatos Francisco e Jacinta Marto, inscrevemo-los no Álbum dos Santos e estabelecemos que em toda a Igreja eles sejam devotamente honrados entre os Santos".

Os dois novos relicários serão colocados junto ao altar, sendo transportados pela Irmã Ãngela Coelho e por Pedro Valinho, atual Diretor do Serviço de Peregrinos do Santuário.

Após a formula de canonização, D. António Marto e Irmã Ãngela Coelho agradecerão a proclamação e pedirão ao Papa que redija a Carta Apostólica relativo à canonização das duas crianças.

O fim deste cerimonial é a canção do Gloria, continuando a Eucaristia de forma habitual.

No final da Eucaristia os dois relicários deixarão o altar e acompanharão o andor de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em cortejo, até à Capelinha das Aparições onde ficarão em exposição até ao fim do dia.

 

E é assim que Deus se vai manifestando junto dos mais pequenos e mais simples.

A sério? Um conselho: lê este post - AQUI

IMG_1510-001.JPG

 * Palavras do Cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos;

** Palavras do Santuário de Fátima;

*** Palavra da Agência Ecclesia - Fátima: Francisco o "místico" e Jacinta "novelo de amor";

Informações da Cronologia do Processo retiradas de artigo de Agência Ecclesia "Fátima: As datas do processo de canonização de Francisco e Jacinta (cronologia);

Informações sobre a descrição da Cerimónia retiradas de artigo de Agência Ecclesia "Fátima: Papa Francisco vai presidir à primeira canonização de sempre em Portugal.

 

O inferno na terra

Agosto 08, 2016

Nem todas as surpresas são boas!

A minha família passou este fim de semana numa povoação junto do Rio Douro. Notamos sinais de fogo na região. Infelizmente, não é novidade existirem fogos em Portugal, especialmente no verão.

Ao regressarmos, repentinamente o transito parou na auto-estrada A1, na direção de Porto-Aveiro. O meu marido disse-me que provavelmente seria por causa dos fogos. Estávamos numa zona antes de Albergaria.

IMG_5927.JPG

Pela primeira vez, vi a auto-estrada com carros parados nas três vias.

Todos começaram, pouco a pouco, a sair dos carros. Haviam autocarros e carros com adeptos de futebol do Club Braga do Sporting. Percebemos que a fila já se estendia, pelo menos, por 2 Kms. 

IMG_5916 (2).JPG

A determinada altura, e observando a passagem de carros de polícia e 2 furgões da Unidade de Intervenção, consideramos que poderia ser um grande acidente, ou conflitos futebolísticos.

Vi todos o tipo de pessoas, todos o tipo de carros, todos o tipo de atividades durante esta espera...IMG_5918.JPG

Estávamos todos presos estar na auto-estrada, sem poder sair, durante 2h30 minutos.

Falamos de muitas coisas, tivemos muitos pensamentos. Eu aproveitei o tempo para ver uns vídeos do Padre Paulo Ricardo, para ler o ensinamento das Famílias de Caná, para ler a Mensagem do Papa no Angelus, e para pensar... em especial no ultimo parágrafo do evangelho deste domingo.

Um grupo de pessoas apareceram junto à vedação, com garrafões de água para o pessoal. Que bela lembrança. Fiquei muito agradecida.

-"Deram água a quem tinha sede" - umas das obras de Misericórdia. 

IMG_5937.JPG

Finalmente, começamos a andar. Aparece-nos uma placa de aviso: Perigo: Fogo 12 Kms de transito lento.

IMG_5936 (1).JPG

Estava a anoitecer. 

Eu, atrás no carro, comecei a notar muito fumo à nossa frente. 

IMG_5942.JPG

E... sentimos o cheiro... 

Pouco a pouco a paisagem ia mudando rapidamente: muito fumo, manchas em laranja...

IMG_5951.JPG

Como já tinha escurecido, percebia-se melhor as cores... alaranjadas, até que se tornaram vivas: o fogo.

O carro ficou silencioso. 

 

 

Fiquei impressionada, chocada, assustada. Pensei no inferno: as chamas do inferno. Nunca tinha estado tão próxima de um fogo desta dimensão. Foi horrível! Veio-me à mente a descrição de Jacinta, das aparições de Fátima, sobre o inferno. Entendi um pouco melhor a aflição de Jacinta.

Perguntei-me: não há nada que possamos fazer para tirar as almas do fogo do inferno, desse sofrimento eterno? Que destino horrível...

 

"Jacinta, compreendendo tudo isto muito bem, nunca mais deixou de pensar na desgraça irremediável das almas condenadas ao Inferno. Mais do que tudo, causava-lhe angústia a ideia de um castigo sem fim. Às vezes, sentada numa pedra, punha-se a pensar, e dali a pouco perguntava a Lúcia:

- Aquela Senhora disse que muitas almas vão para o Inferno! E nunca mais vão sair de lá?

- Não!

- E mesmo depois de muitos, muitos anos?

- Não! O Inferno não acaba nunca!

- Mas, olha: então, depois de muitos e muitos anos, o Inferno ainda não acaba? E aquela gente que está ardendo lá não morre? E não vira cinza?! E, se a gente rezar muito pelos pecadores, Nosso Senhor os livra de lá?! E com os sacrifícios também? Coitadinhos! Temos de rezar e fazer muitos sacrifícios por eles!

Depois, lembrando-se das misericordiosas palavras de Maria, acrescentava:

- Que boa é aquela Senhora! Já nos prometeu levar para o Céu!

Outras vezes, meditando nos sofrimentos reservados aos pecadores que morrem sem arrependimento, Jacinta

estremecia de pena, ajoelhava-se e, de mãos postas, recitava a oração que Nossa Senhora lhes tinha ensinado:

- Ó meu Jesus! Perdoai-nos, livrai-nos do fogo do Inferno, levai as alminhas todas para o Céu, principalmente as que mais precisarem.embers-142515_1280 (1).jpg

E permanecia assim, muito tempo, de joelhos, repetindo a mesma oração. De vez em quando, chamava pela prima ou pelo irmão, como que acordando de um sonho:

- Francisco! Francisco! Vocês estão rezando comigo? É preciso rezar muito para livrar as almas do Inferno! Para lá vão tantas, tantas!

Por esse motivo, também a impressionava muito o que Nossa Senhora anunciara a respeito da Segunda Guerra Mundial. Jacinta parecia compreender com muita clareza todas as desgraças que essa guerra traria para a humanidade e, sobretudo, para as almas dos pecadores. Quando Lúcia, vendo-a pensativa, procurava saber com que se preocupava, por vezes respondia:

- Nessa guerra que virá, muitas pessoas vão morrer e irão para o Inferno! Que pena! Se deixassem de ofender a Deus, nem viria a guerra, nem iriam para o Inferno!

Em outras ocasiões perguntava-se:

- Por que Nossa Senhora não mostra o Inferno aos pecadores?! Se eles o vissem, não mais pecariam, para não irem para lá!

Essa preocupação com as almas dos pobres pecadores tornava-se ainda mais viva quando a cristalina virtude de Jacinta chocava-se com alguma má ação ou dito ofensivo a Nosso Senhor. Então encobria a face com as mãos, e dizia:

- Ó meu Deus! Esta gente não sabe que, por dizer estas coisas, pode ir para o Inferno?! Perdoai-lhes, meu Jesus, e convertei-os. Com certeza não sabem que com isso ofendem a Deus! Que pena, meu Jesus! Eu rezo por eles. - E logo repetia: - Ó meu Jesus, perdoai-nos... etc."4007048302_a7947f8132.jpg

(Livro Jacinta e Francisco  Prediletos de Maria - Monsenhor João Clá)

Ler mais: AQUI

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mais sobre mim