Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

Será que sou tão distraída?

25.01.16, Helena Le Blanc

No nosso canto de oração temos uma pia com água benta. Depois da última Pascoa, empenhei-me na aquisição de um porta água benta (não me lembro do porquê).

Encontrei a pia durante um passeio que fiz com a minha sogra na Ribeirinha/Porto. 

IMG_1431.JPG

Antes...

IMG_1319.JPG

Depois...

IMG_3123.jpg

Todos os dias, terminamos a nossa oração benzendo-nos com água benta.

Mais ou menos, de duas em duas semanas, precisamos de encher um frasquinho de 33 ml.

IMG_1358.JPG

No fim do ano passado, esqueci-me de levar o habitual frasquinho para encher na pia do Santuário de Mogofores. Ficámoss sem nenhuma água benta. O Xavier reclamou muito, e nem o "faz de conta" funcionou.

Chegou o Retiro de Natal das Famílias de Caná e, antes de sairmos de casa, coloquei o frasquinho na minha carteira, com a certeza de, em Fátima, encontrar água benta.

Em Fátima não consegui iencontrar nenhuma pia com água benta. Fui a uma loja e perguntei se poderia comprar água benta. Disseram-me que poderia sómente comprar o vasilhame mas que encontraria a água no meio do recinto do Santuário. 

- O quê? - Não percebi e pedi para me explicarem melhor.

No meio do recinto, em frente da Capelinha das Aparições há uma fonte de água. 

No meio? Fonte de água? Lembrei-me de Lourdes. Eu e o James tivemos a oportunidade de visitar Lurdes há uns anos atráa. Todos falavam da fonte cuja água é abençoada!

Dirigi-me de imediato para o recinto e procurei a tal fonte! Como é que eu nunca me tinha apercebido da fonte? Serei eu tão distraída?!

Depois de olhar com atenção, percebi!

Enchi o meu frasquinho de 33 ml.

IMG_0590.JPG

No entanto, fiquei com a pulga atrás da orelha!

Hoje tivemos que ir a Fátima (assuntos de família). Tive o cuidado de levar 3 garrafas de água vazias para encher. Aproveitann«do estar lá, tentei tirar a história a limpo.

As respostas não foram conclusivas. Uns dizem que sim, outros dizem que não.

Depois do jantar estive a pesquisar.

Percebi que os poços abertos nunca secaram mesmo quando seria suposto ter acontecido, e que foram abertos para satisfazer a sede de tantos peregrinos. Apesar das obras do recinto, ao longo dos anos, as fontes continuam lá (com túneis associados).

Mas pergunto-me eu: porque é que eu nunca vi as fontes?

Cada vez que fui a Fátima (foi lá que fiz a minha Primeira Comunhão), nunca me apercebi das fontes?!

Perguntei aos meus pais e também desconheciam.

IMG_0585.JPG

Será que a água é especial? Abençoada?

Eu acredito que seja por duas principais razões:

- Está em solo que teve o privilégio de sentir a presença de Nossa Mãe do Céu!

- Todos os dias recebe a bênção dos (muitos) presbíteros que presidem às cerimónias na Capelinha das Aparições. As fontes encontram-se imediatamente em frente. 

IMG_0587.JPG

Porque é que a água benta se tornou tão importante para a minha família?

- Nós acreditamos (piamente) que a água benta nos defende dos males espirituais, e até dos males físicos! 

Há pessoas que me falam dos "males olhados", "invejas", "feitiços"...

Eu respondo: não tenho problemas com essas coisas. Como vou todos os domingos à missa, obtenho a protecção necessária (para mim e para a minha família).

A missa, aparentemente tida como aborrecida para muitos, têm efeitos e consequências muito para além do que os nossos olhos nos permitem ver! 

IMG_6119.JPG

Para concluir, deixem-me Vos contar a seguinte história:

O Xavier com 3 anos, (e Graças a Deus) até á data, nunca tomou um antibiótico.

Doenças que teve até hoje:

- Uma gastroenterite com um ano e pouco;

- Febre por causa dos dentinhos.

Ele é uma criança que frequenta a creche desde os 4 meses (shame on me!)

Nas ultimas duas semanas, depois da oração final, o Xavier recusou-se a fazer a sua bênção com a água benta. Eu respeitei, e não o obriguei.

Por coincidência (ou não) ele apanhou um (dos habituais) vírus na escolinha. No último fim de semana teve vómitos. Neste fim de semana foi a vez da diarreia!

Ontem voltou a concordar fazer a sua bênção com a água benta.

Desde hoje de manhã que começou a melhorar.

Será coincidência ou realidade?

2 comentários

Comentar post