Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

as surpresas de DEUS!

uma católica com sérias dificuldades no caminho da santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma católica com sérias dificuldades no caminho da santidade!!!

Os cristãos católicos nas paróquias...

10.03.21, Helena Le Blanc

Um dia destes, para minha surpresa, tive uma conversa maravilhosa com alguém com quem há muito não falava.

Como me soube tão bem esta conversa: duas pessoas que partilham a mesma Fé!

Conversámos imenso e de muita coisa. Partilhamos ideias, sentimentos, necessidades, frustrações, criatividade, experiências, etc...

Mas o que me fez escrever este texto foi uma coisa particular e que têm a minha admiração: o seu comportamento cristão na sua paróquia.

Infelizmente, o mundo das paróquias é referenciado como um espaço de intrigas, conflitos, lutas pelo poder, jogos com informações, show-offs, críticas, más línguas, etc... E infelizmente é verdade. Vivi e faço parte de uma paróquia que não é isenta.

Este meu amigo, no seu caso, foi desafiado pelo seu Pároco para projetos que, segundo o próprio, nada têm a ver com a sua vocação e com os seus dotes. No entanto, aceitou de forma humilde e sincera. Apesar de não estar a correr muito bem - frustrações e dúvidas - continua presente e tranquilo ao serviço da sua comunidade, da sua paróquia, do seu Pastor. 

Ele  conquistou naquele momento a admiração. Senti-me inspirada com este exemplo e humildade.

Nós os Cristãos Católicos, infelizmente, para minha vergonha, ainda não interiorizamos a mensagem de Jesus: AMAR! Quantos exemplos temos de Jesus que só temos de adaptar para os nossos tempos e para a nossa vida!

Penso eu:

- Quantos de nós entram e saíem da Igreja, da Santa Eucaristia, a sorrir e bem dispostos? 

- Quantos de nós sentem-se legitimamente magoados, no âmbito da pároquia, mas  continuam firmes e seguros, perdoando e "deixando passar"? Desvalorizando o que é espontâneo e passageiro...

- Quantos de nós observam e vivenciam, com um aperto no coração, determinados comportamentos  da comunidade? E no entanto apesar disso, continuam a falar e a sorrir para todos de igual forma na esperança da mudança?

- Quantos de nós percebem tantas distrações à volta da liturgia mas esforçam-se para se focalizarem no que o seu corpo e coração precisam: a PALAVRA DE DEUS e o CORPO DE JESUS!

- Quantos de nós, ávidos pelo "sinal" da semana na homília do Padre Celebrante encontram comunicações desconcertantes, difíceis de assimilar, mas nem por isso deixam de participar nas Eucaristias?

- Quantos de nós, percebem que o Celebrante "reza" a missa como se de um robot se tratasse, sem emoção ou sentimento, muitas vezes "de corrida"!  No entanto, continuam presentes para receber o CORPO DE JESUS, o mais importante!

- Quantos de nós "estranham" a escolha das musicas para a Eucaristia, no entanto participam na Eucaristia, do início ao fim, cantando e respondendo!

Etc...

Confesso que algumas vezes sinto-me envergonhada, por mim e pelos outros!

Envergonhada por ser e fazer parte destes cristãos católicos! 

Quantas vezes no meu passado fiz igual ou pior! Quantas vezes no meu passado julguei ser a dona da verdade! Quantas vezes no meu passado importei-me com coisas que não me diziam respeito ou sem importância para a minha vida!

No passado e no presente....

Caro amigo, obrigada pela tua partilha, pelo teu exemplo, pela tua inspiração!

 

Deixo aqui a definição de Paróquia, segundo o Catecismo da Igreja Católica:

unnamed (5).jpg

Edição Típica Vaticana, Edições Loyola, 2000)