Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

O nosso terceiro retiro das Famílias de Caná...

22.05.15, Helena Le Blanc

Eu e a minha família decidimos participar no retiro das Famílias de Caná em Castelo de Neiva. Aliás, decidimos aproveitar a oportunidade e fazer umas mini-férias. Fomos na sexta-feira e ficamos até domingo em Viana do Castelo.

Fizemos diversas coisas, mas o sábado foi dedicado ao mais importante: um retiro.IMG_2875.JPG

Um retiro, segundo alguns, quer dizer o "aprimoramento do indivíduo e de sua relação com o sagrado. Retiro é um termo muito usado por cristãos para designar uma atividade da igreja em que geralmente são levados para lugares ao ar livre onde possam usufruir ao máximo do encontro com Deus. Ele pode ser uma "vivência", ou seja, de apenas um dia ou pode ser de 3 ou de uma semana."

Também me parece que o termo "retiro" é um repelente para a maior parte dos indivíduos. Inspira conceitos como aborrecimento, seca, oração contínua, grande sacrifício, tempo perdido, estranheza, obrigatório ser conhecedor da religião que professamos, esquisitice, gastos completamente desnecessários, etc.... Eu senti algumas destas coisas na primeira vez que me fizeram o convite. E eu que, na minha juventude, tinha participado em diversos retiros! Mais complicado ainda foi envolver a minha família... Eu nem me atrevi a propor ao meu marido... O que vinha à minha mente era uma resposta tipo "não tem nada a ver comigo!". Só considerar a possibilidade parecia-me loucura.

No entanto, no meu caso, Deus ajudou-me. Proporcionou-se sem eu ter a real consciência da grande oportunidade que Deus estava a dar-me, a mim e à minha família...

Depois, fomos a um segundo retiro. Aconteceu a meio de uma época de muitas mudanças na minha família. Apesar de ter sido muito enriquecedor, foi um "abrir de olhos" no meio de todas aquelas novidades. Afinal, estávamos a esquecermos do mais importante... 

E como dizia ontem, no post Uma parada, "há já, pelo menos, um ano que a minha família não ia a um retiro... confrontei-me comigo própria, frente a frente: afinal quais foram as tais razões, os tais fortes motivos, para que eu e a minha família não tivéssemos estado presentes nos últimos retiros? Os motivos foram diversos, mas à luz do bem estar que eu sinto neste momento, assumem importância ZERO."

Nos outros blogs de algumas das Famílias de Caná (Uma Família Católica, Adotar, Amar, Viver Pipoquices Cor de Rosa) poderão ler textos sobre o encontro, e ver muitas fotografias que ilustram este dia. 

Nós, apesar de termos saído com tempo do Hotel, chegamos atrasadérrimos. Que vergonha! A celebração Eucarística já estava a decorrer. Só chegar lá foi uma grande aventura. O GPS não estava a ser claro e oportuno nas suas indicações, e as pessoas (muito simpáticas), falavam em "é lá em baixo", "vá junto ao rio", "passa a casa dos padres", "essa casa esta fechada", etc...

Aliás, uma das vezes que paramos para perguntar a um casal de certa idade, acabamos por observar uma discussão entre ambos relativo à melhor estrada para chegar ao local. Nós, aflitos porque já estávamos atrasados, apreciávamos o casal que se debruçava completamente à vontade pela nossa janela do carro. 

As crianças foram entregues às  Educadoras (de serviço) e que muito agradeço a generosidade e sacrifício delas (pois imagino que gostariam de ter estado nos momentos "formativos" já que também são Famílias de Caná). Os jovens juntaram-se ao Niall.

IMG_2877.JPG

Os adultos seguiram para uma salinha para ouvir a Teresa. Ao longo do dia tivemos três momentos destes. Com uma disciplina implacável, a Teresa apresentou as bilhas de Caná, cumprindo o horário planeado. Ouvimos, vimos, refletimos, perguntamos, rimos, escrevemos, lemos, e para os que levaram as bíblias, treinaram as mãos no manejar da Bíblia, em passar do início ao fim em menos de meio segundo!  Verdade! Querem saber como? Participem no próximo retiro... Eu aprendi, e muito. Também relembrei, e muito. 

Almoçamos. Tomamos café. Conversamos. Desconversamos. Vigiamos as crianças. Sujamos. Molhamos. Limpamos. Ajudamos. Rezamos. Cantamos. Brincamos. Passeamos.

IMG_2904.JPGIMG_2839.JPG

IMG_2876.JPGIMG_2935.JPG

As crianças andavam felicíssimas! Fizeram atividades super giras. O meu filho, um dos mais novos, estava como um peixe na água!

Os jovens, esses, estavam super alegres e super queridos! Eu fiquei surpreendida com o carinho que eles distribuíam por todos os presentes...

IMG_2916.JPGIMG_2907.JPG

IMG_2879.JPGIMG_2849.JPG 

IMG_2911.JPG

Fica aqui o vídeo do encerramento da nossa oração familiar... 

 Agora, na nosso momento de oração, à noite cá em casa, acrescentamos mais um momento de 2/3 minutos aos 15 minutos que dedicamos todos os dias a Deus: coloco este vídeo no telemóvel e cantamos "Eu e a minha Família, Serviremos o senhor!"

O Xavier fica muito atento a ver o vídeo, reconhecendo as pessoas, e vai cantando comigo o refrão.

IMG_2981.JPG

4 comentários

Comentar post