Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

Aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

04
Abr16

Como se ensina a ACREDITAR?

Helena Le Blanc

Há relativamente pouco tempo ouvi uma coisa que deixou-me a matutar (mais uma)! E até hoje, depois de pensar, cheguei à seguinte conclusão:

 - As crianças herdam a religião dos seus pais, das suas famílias. Aprendem, participam e experienciam os diversos ritos de culto dessa religião. Mas uma coisa que não se consegue fazer é "ensinar a acreditar". Em nenhuma das religiões, por muitas explicações científicas que haja, o facto é que o FATOR mais importante da equação, o ACREDITAR, não é possível de ser ensinado.

 

ACREDITAR, na religião cristã católica, é efetivamente ter FÉ. De forma voluntária eu escolho receber a graça da Fé, que abre os olhos do meu coração para a verdade divina. Deus é bondoso, caridoso e generoso (misericordioso) mas tal como todos os Pais exige: acredita.

 

Então como se faz isto? Como se passa de um estado para o outro?

 

No caso de crianças, quem tem que acreditar não são as crianças mas a família, os pais. As crianças e jovens acreditam porque sentiram, perceberam e confirmaram que os seus pais e/ou família ACREDITAM. Falo de acreditar do fundo do coração, nos bons e maus momentos, para o que der e vier!

 

No caso dos adultos, temos duas possibilidades: a Fé que testemunharam dos seus pais e/ou família e/ou... um acontecimento, um sentimento, uma etapa, um conjunto de circunstâncias, uma coincidência........ da única e exclusiva autoria de Deus. Se qualquer adulto se dispuser a ouvir, a pesquisar sem compromisso, a abrir meia porta, a considerar ler um pouco... Deus fará o resto! Acreditem que esta é a pura verdade! 

 

No caso dos adolescentes, bem... estes têm um estatuto especial! Temos necessariamente de confiar no testemunho verdadeiro e real dos seus pais... uma semente. E como qualquer semente, crescerá e muito, independentemente das intempéries e secas! Poderá acontecer aos 18, 20, 25, 30, 35, 40, 45, 50 anos etc....

Atenção: só será uma semente válida e forte em igual circunstâncias da Fé que testemunharam dos seus pais e/ou família.

 

Porque é que eu acredito? AQUI.

 

"Todo aquele que se declarar por mim diante dos homens, também eu me declararei por ele diante de meu Pai que está nos céus. Aquele, porém, que me renegar diante dos homens também o regenerei diante de meu Pai que está nos céus" (Mt 10, 32-33).

 

IMG_1322-001.jpg

 

Ontem ouvi alguém fazer a seguinte pergunta: 

- Tens dois prémios: o prémio da lotaria e entrar no Reino de Deus para toda a eternidade.

Qual deles é que escolhes?

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sigam-me

Comentários recentes

  • Anónimo

    O senhor de cima tem razão. “Instrumentum laboris...

  • deficientedonadecasa

    A família é o que temos de dar valor na vida, é o ...

  • Helena Le Blanc

    Caro Sr. António Antes de mais obrigada por ter co...

  • Anónimo

    Não concordo nada. O celibato dos padres é uma reg...

  • Teresa Power

    Vou comentando aos bocadinhos, desculpa ocupar-te ...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Mais sobre mim

foto do autor