Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

As histórias infantis...

22.05.15, Helena Le Blanc

Todos os dias, uns 15 minutos antes de deitar o bebe grande, a minha família tem o seu momento de oração diária.

Uma parte dessa oração familiar é contar uma história infantil. Nós decidimos "misturar" a história do adormecer com esta "atividade".

A única (e grande) diferença é que as histórias são da bíblia.

IMG_3131.jpg

Temos livros com histórias bíblicas. É fácil encontrar este tipo de livros, especialmente nas épocas natalícias e épocas pascais.

Os hipermercados, nas suas campanhas sazonais, colocam estes livros, com histórias da bíblia, em destaque.

Os preços destes livros são semelhantes aos outros livros. Por isso, sendo nós uma família católica (que vamos à missa, que batizamos o nosso filho, que casamos na Igreja) porque é que não haveriamos de ter também livros com histórias da bíblia?

Afinal, estes livros também são infantis, com desenhos e linguagem infantis, certo?

Nestes últimos dias, as histórias têm sido deste livro específico:

IMG_3128.jpg

Hoje, a história escolhida pelo Xavier, foi "A última ceia". Pela segunda vez eu contei esta história.

O Xavier facilmente recordou quem eram Jesus e os amigos especiais nos desenhos desta história.

Cada vez que eu dizia a palavra pão, ele apontava os pães no desenho...

IMG_3130.jpg

 

Desde segunda-feira que, nos meus pequenos momentos, tenho estado a ler a  "Ecclesia de Eucharistia" (Encíclica da Eucaristia) de João Paulo II. Aproveitei um conselho da Teresa Power (no Retido de Castelo de Neiva). Quero saber mais sobre o mistério da Eucaristia. Assim, tem sido quase uma página por dia mas, com vontade e interesse, tenho estado empenhadíssima neste meu pequeno objetivo.

Este documento pode facilmente ser encontrado na internet.

A surpresa de hoje foi eu reparar, notar, perceber, identificar, consciencializar, tropeçar, chocar, sei lá mais o quê, com uma das frases desta história.

De uma forma surpreendente, esta história explicou-me um grande aspeto da "ultima ceia" de Jesus, junto dos apóstolos, no cenáculo de Jerusalém:

 

"Jesus estava a avisar os amigos de que os deixaria em breve. Os seus inimigos iriam espalhar mentiras sobre ele e assim provocar a sua morte. O seu corpo ficaria partido como o pão, o seu sangue escorreria como o vinho."

 

Que maneira mais simples e verdadeira de explicar isto:

 

"... Jesus tomou um pão e, tendo pronunciado a bênção, partiu-o, distribuiu-o aos discípulos e disse: Tomai e comei, isto é o meu corpo. Em seguida, tomou o cálice, deu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos, pois isto é o meu sangue, o sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos, para a remissão dos pecados."

(Mt, 26, 26-28)

 

IMG_3132.jpg

 Eu aprendi com esta história infantil.

Quem disse que as histórias infantis eram para crianças? Você? Então é porque nunca experimentou ler uma.

Eu e o James temos aprendido muito através destes livros.

IMG_3123.jpg

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.