Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sexta-feira, dia 15 de Dezembro de 2017 - 13º dia do Advento/ dia treze para a Árvore de Jessé:

 

DIA 13

 

 

SÍMBOLO

 

 

UMA TIARA

 

 

TEMA

 

 

DEUS TEM UMA MISSÃO ESPECIAL PARA

CADA UM DE NÓS

 

 

BÍBLIA

 

 

Ester 4

 

TEXTO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ester foi uma rainha muito especial. O seu nome quer dizer “Estrela”.

Ela perdeu os pais quando era criança. Foi criada pelo primo Mardoqueu. Aprendeu a amar Deus e a cumprir a Lei de Israel.

Mardoqueu era um homem muito justo e crente. Ester tornou-se numa menina, bela, humilde e muito inteligente.

O Rei da Pérsia Assuero era também o Rei da Babilónia, local onde os judeus vivam na época, pois tinham sido expulsos da sua terra.

Este Rei era casado com Vásti, a rainha. Acontece que eles se desentenderam. A rainha Vásti desobedeceu ao seu Rei. Este, muito chateado decidiu procurar outra esposa, outra rainha. Fez um decreto nesse sentido.

Entretanto havia um homem na corte chamado Amã que queria à força que os emigrantes israelitas mudassem de religião, de fé, e começassem a adorar os deuses deles. Amã andava sempre a embirrar especialmente com Mardoqueu. Acontece que Amã conseguiu convencer o Rei a assinar um decreto: os judeus tinham que ser exterminados.

Mardoqueu lembrou-se de introduzir a sua prima na corte, e o Rei apaixonou-se no mesmo instante por Ester. “O Rei amou Ester mais do que a todas as outras mulheres, e Ester conquistou as graças e favores do Rei mais do que nenhuma outra donzela”.

O Rei colocou-lhe na cabeça o diadema real e proclamou-a Rainha.

Ester, mesmo rainha, continuou a ser humilde e fiel ao Deus de Israel. Era Rainha do vasto Império Persa. Mas ela tinha este grande segredo que o Rei não sabia: era judia. E o Rei tinha dado a ordem de morte para todos os Judeus.

Ester, depois de jejuar e rezar a Deus durante 3 dias, decidiu que tinha chegado a hora de revelar o seu grande segredo ao Rei e seu esposo. Confiou em Deus.

Apaixonado, o Rei disse à sua esposa que faria tudo o que ela pudesse pedir. Iria fazer tudo para a proteger, a ela e ao seu povo.

Então, a pedido dela o Rei aprovou uma lei que dava autorização para os Judeus se defenderem da “espada”, já que o decreto anterior era irrevogável. Também condenou Amã à morte.

Ester foi proclamada por todo o povo de Israel como a “bênção de todos”.

Desde essa altura que os Israelitas festejam, durante dois dias, com banquetes, músicas, fantasias e a narração do Livro de Ester. Durante a leitura, cada vez que soa o nome de Amã (o grande inimigo de Israel) fazem muito barulho com o reco-reco para que não se consiga ouvir o seu nome.

Esta festa é conhecida como “PURIM”.

 

ATIVIDADE

 

 

 

 

 

Duas sugestões:

- fazer um bolo para festejar esta bela história de Ester e do Imperador Persa;

- arranjar diversos objetos para fazer barulho e repetir a leitura da história. Ao nome AMÃ todos deverão fazer barulho para que o seu nome não se oiça.

 

ORAÇÃO

 

 

Meus Deus, ajuda-me a descobrir qual é o teu plano para mim!

 

 

 

Colocar a imagem (símbolo) na Árvore de Jessé

 

little-955343_1920 (Small).jpg

 

13 DIA - ESTER.pdf  - pdf do dia 13 da Árvore de Jessé

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog