Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

A mensagem de Jesus: diversidade religiosa!

27.09.15, Helena Le Blanc

Na Eucaristia de hoje, o evangelho é o seguinte:


Naquele tempo, João disse a Jesus: «Mestre, nós vimos um homem a expulsar os demónios em teu nome e procurámos impedir-lho, porque ele não anda connosco».
Jesus respondeu: «Não o proibais; porque ninguém pode fazer um milagre em meu nome e depois dizer mal de Mim.
Quem não é contra nós é por nós.
Quem vos der a beber um copo de água, por serdes de Cristo, em verdade vos digo que não perderá a sua recompensa.
Se alguém escandalizar algum destes pequeninos que crêem em Mim, melhor seria para ele que lhe atassem ao pescoço uma dessas mós movidas por um jumento e o lançassem ao mar.
Se a tua mão é para ti ocasião de escândalo, corta-a; porque é melhor entrar mutilado na vida do que ter as duas mãos e ir para a Geena, para esse fogo que não se apaga.
E se o teu pé é para ti ocasião de escândalo, corta-o; porque é melhor entrar coxo na vida do que ter os dois pés e ser lançado na Geena.
E se um dos teus olhos é para ti ocasião de escândalo, deita-o fora; porque é melhor entrar no reino de Deus só com um dos olhos do que ter os dois olhos e ser lançado na Geena, onde o verme não morre e o fogo nunca se apaga».

 Marcos 9,38-43.45.47-48

 

Eu gostaria de salientar, deste texto do Evangelista S. Marcos, o seguinte mini-diálogo: 

«Mestre, nós vimos um homem a expulsar os demónios em teu nome e procurámos impedir-lho, porque ele não anda connosco».
Jesus respondeu: «Não o proibais; porque ninguém pode fazer um milagre em meu nome e depois dizer mal de Mim.
Quem não é contra nós é por nós.

Acho interessante que Jesus, no seu tempo, fala da exclusão religiosa!

Quem somos nós para ditar, obrigar e impor a nossa fé e criticar, julgar e gozar as outras religiosidades? 

Aproveito para introduzir o conceito do ECUMENISMO:

(uma palavra difícil de se dizer!!!)

 

Ecumenismo - movimento que visa à unificação das igrejas cristãs (católica, ortodoxa, anglicana e protestante). A definição eclesiástica, mais abrangente, diz que é a aproximação, a cooperação, a busca fraterna da superação das divisões entre as diferentes igrejas cristãs.

 

As iniciativas de diálogos poderão ser classificadas conforme os objetivos, mas sempre com a mesma natureza - a de conciliação e concertação.

Ecumenismo espiritual: pressupõe que a superação das diferenças humanamente insuperáveis é uma obra de Deus. Requer uma atitude orante e também uma atitude de diálogo que brota da convicção de unidade espiritual entre aqueles que crêem em Jesus Cristo. O Concílio Vaticano II afirma que "a oração é a alma do ecumenismo";
Ecumenismo institucional: é aquele que ocorre ao nível das instituições promotoras do ecumenismo, como o Conselho Mundial de Igrejas e o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos.
Ecumenismo oficial: é aquele que envolve as autoridades eclesiásticas das diversas igrejas.
Ecumenismo doutrinal: trata-se das iniciativas de diálogo sobre as diversas questões doutrinais que estão na raiz das divergências. Busca-se atingir pontos de convergência no que é o essencial do cristianismo através de encontros, colóquios e diálogos entre as diversas igrejas.
Ecumenismo local: o ecumenismo local corresponde às iniciativas e ações comuns que ocorrem na base das igrejas.
Ecumenismo secular: o ecumenismo secular é uma corrente do movimento ecumênico representada por aqueles que, diante do impasse e da lentidão das diversas instituições em realizar a unidade, crêem que somente a aplicação do método indutivo – que parte da história concreta em que se está inserido e da encarnação como tema central - poderá levar adiante a tarefa ecumênica. Segundo os secularistas, o pensamento e a ação ecumênicas devem estar centradas no mundo secular, no serviço do ser humano. Assim, o ecumenismo secular coloca-se na busca da justiça, da paz, da ecologia e da luta contra a pobreza expressa nas diversas teologias da libertação.

IMG_7256.JPG

Este movimento, na minha opinião, é extraordinário. A igreja católica tem a capacidade de ir ao encontro dos outros, respeitando as suas diferenças.

O Papa Francisco liderou, nestes ultimos dias, uma cerimonia (descrita como emotiva) inter-religiosa no local onde estavam localizadas as Torres Gêmeas.

Fazendo uma pesquisa na internet descubro casamentos ecuménicos, sites sobre o assunto ( ex. Comissão Ecuménica da Diocese do Porto), e até bíblias ecuménicas.

Á pouco tempo adquiri uma e estou a gostar.

Atenção que o ecumenismo não é simplesmente um intercâmbio de ideias ou uma aproximação “amigável” onde todos podem participar e expor sua ideologia e crenças; o culto ecumênico essencialmente se baseia em uma tentativa de unificação das denominações.

Percebi, com este post, que há muito mais a saber deste movimento, deste esforço tão bonito da Igreja Católica (inspirada pelo Espírito Santo!)

Existem muitas cerimónias, atividades e encontros ecuménicos perto de nós.

Temos amigos, familiares que professam outras fés. E porque não?

Por isso, de que é que estamos à espera?

IMG_2242.jpg