Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

A beleza das coisas de DEUS!

20.10.15, Helena Le Blanc

Desde que me conheço, que a arte religiosa e a arte sacra atraem-me!

Não consigo deixar de visitar uma Igreja ou um Museu de cariz religioso sem tirar "n" de fotografias!

Quando comecei a namorar, o meu marido notou logo esta minha tendência. Ofereceu-me uma câmara fotográfica CANON XPTO. Fiquei deliciada mas, rapidamente percebemos que o meu gosto por tirar fotografias não se prendia exatamente à qualidade da fotografia em si, mas ao objeto da fotografia.

Não dava jeito nenhum ter uma câmara tão grande atrás de mim! E não tinha a paciência para estar minutos a fio a preparar a maquina para aquela fotografia. Não queria perder tempo precioso de observação! Assim habituei-me a usar o "automático" e a clicar pelo menos 5 vezes. Uma em 5 deveria sair satisfatória!

Entretanto, percebemos que uma sobrinha do James nossa estava a ganhar interesse pela arte da fotografia. Oferecemos-lhe a dita câmara. Eu perfeitamente contentava-me com a câmara do telemóvel: sempre à mão e pronta para tirar "n" de fotos.

Achamos que era um bom plano, até que o meu marido teve que começar a lidar com milhares de fotos no computador lá de casa!

Eu, de cada vez que quero uma foto, tiro pelo menos 5, e não apago as que das 5 ficaram mal. Rapidamente o numero de fotos cresceu no nosso arquivo informático, de tal forma que o meu marido teve que me "consciencializar" para a problemática. Não há gibabytes que resistam assim!

No processo desta tomada de consciência (à força) apercebi-me que gostava muito de arte religiosa e sacra.

Mas não são a mesma coisa?

Não, não são. Ambas refletem a vida religiosa do artista (de amor, de fé, esperança e de adoração de Deus). A diferença está no destino da obra. Há obras que são destinadas à vida litúrgica ( Igrejas ou outros espaços onde se realizam cerimónias religiosas) e que têm que obedecer a determinadas condições. São classificadas como arte sacra. As outras, não menos importantes, são arte religiosa.

Acumulei, ao longo dos anos, muitas fotos.

Quando me apercebi disto, tentei perceber porquê? Descobri recentemente a resposta. 

A minha maneira e forma de admirar e pensar sobre alguma coisa (neste caso de Deus e sobre as coisas de Deus) é ter uma destas pinturas à minha frente (para além da música). E a isto chama-se "contemplação"!

Mas também poderemos aplicar outra palavra: meditação. Quer dizer voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior. 

 

Tanto a arte religiosa como a arte sacra têm esse efeito em mim: querer contemplar ou meditar!

Não é preciso ir para filosofias orientais para meditar! A Igreja é a pioneira da meditação! Nós é que ainda não percebemos que a meditação é uma forma de oração!

 

Quando percebi (recentemente) desta minha tendência e o efeito que tinha em mim, comecei a procurar livros que tivessem fotografias (de boa qualidade) de arte religiosa e arte sacra. Descobri que não é fácil encontrar! Porquê? Para mim é tão evidente a causa/efeito dessas pinturas com a contemplação/meditação, que achei incrível não existir muito material deste género!

Ainda não encontrei a resposta.

Assim, porque também me acontece ter dias/períodos que não me ocorre nada apesar de não ter duvidas das inúmeras surpresas de Deus, ou então faltar-me energia para mais um bocadinho, decidi publicar essas fotografias nessas ocasiões!

Contemplar (e já agora meditar - porque não?!) as belezas que existem das coisas de Deus!

 

IMG_5535.jpg

 

"La Madonna col Bambino benedicente" / "Madonna amd Blessing Child"

Pintor: Andrea d`Assisi (1484-1516)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.