Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

uma quaresma simples e bonita

26.02.19, Helena Le Blanc

0 Carnaval está aí à porta. Sei disso porque o meu filho já me falou no assunto. A escola até tem outros programas culturais mas o que lhe interessa é só isso: a tarde carnavalesca. Tudo o resto passa-lhe ao lado e muito bem já que têm 6 anos e a brincadeira e diversão é o que vale para ele.

Mas falar de Carnaval é também falar de Quaresma já que somos uma família que professamos a fé cristã e católica. Mas falar de Quaresma não é fácil. Mais simples é... deixar que a Quaresma nos passe ao lado. Cumprir aquela coisa das sextas-feiras (não comer carne) e já está! Estou pronta para a Páscoa. 

Pois, durante muitos muitos anos foi assim que pensei. Depois descobri que posso viver uma Quaresma simples e bonita.

Qual é o truque?

É enfrentar o "palavrão", o chavão e desconstruir, simplificar, desmistificar para construir à minha maneira, à maneira da minha família. Às vezes olhamos para algumas famílias cristãs e pessoas cristãs tão... no caminho da santidade que desânimamos e desistimos logo à partida. Mas não têm que ser assim... Basta começar de forma simples e bonita! É verdade.

Dou-Vos o meu exemplo. 

Eu, uma pessoa muito controladora, tenho listas e mais listas. Tive que fazer mais uma lista: Plano de Quaresma para 2019.

IMG_7692-001.jpg

Não é muito grande (para não desistir só de olhar) e têm coisas simples, entre o "fácil" e o "ser melhor" ou "fazer melhor" vencendo a preguiça e o comodismo. Encontrei várias coisas que para nós (a nossa família) faz sentido mas não tem necessariamente de fazer sentido para outros. É uma receita à medida de cada um.

IMG_7693-001.jpg

Vou partilhar o último item da lista.

Surgiu porque senti dificuldades ao falar da Quaresma, Crucificação e Ressurreição ao meu filho, preparando-o para os próximos dias/mês.

Lembrei-me de uma atividade que se fez há muitos anos na catequese e que veio de uma vivência da família Power (BLOG),(SITE):

- fazer (pelo menos) uma boa ação por dia e por cada uma iremos colocar uma flor ou um coração junto à cruz de Jesus Cristo.

Em vez do pano cor roxa vamos colocar flores e corações. Por cada boa ação ou sacrifício iremos estar a oferecer amor a Jesus Cristo para aliviarmos a sua dor na cruz.

Relembrei-o que cada vez que ele se aleija ele procura alívio (emocional) nos meus braços, num colinho de amor! 

Ele franze a sobrancelha: - É assim que Jesus recebe amor?

Há várias formas de dar amor: quando fazemos festinhas aos cães; quando sorrimos para alguém; quando escrevemos palavras de afeto; quando damos beijinhos e abraços; quando fazemos o que a mãe e o pai nos pedem...

Jesus recebe amor quando fazemos boas ações e sacrifícios pelos outros.

- Ok. - E ele partiu para outra. Estava entendido.

É difícil falar da Páscoa com crianças. Devagarinho chegamos lá, desde que seja simples e visual/tátil. E por (um bom) arrasto, os adultos vão atrás. Precisamos de coisas simples e palpáveis. 

A quaresma pode e deve ser simples e bonita!

IMG_7688-001.jpg

IMG_7689-001.jpg

 

"Deus aperfeiçoa os nossos esforços e completa as nossas obras"

(Teresa Power, Reflexão dominical Domingo IV do tempo Comum, Ano C, 01/02/2019)

 

A Missa... às vezes dá-me a volta aos nervos!

22.02.19, Helena Le Blanc

A Missa (muitas) vezes dá-me a volta aos nervos!

É verdade! E por muitos e diferentes motivos! São tantas as distrações e emoções que me sinto envergonhada, especialmente quando me preparo para a comunhão.

 

IMG_3412-001.JPG

 

Sei que sou feita de carne e osso, o tal corpo que me impede de sentir (ver e ouvir) verdadeiramente o que se passa na Missa, ou seja, a tal escada que une o Céu e a Terra... Mas sendo eu uma adulta, esposa e mãe, deveria ter maior controlo sobre os meus pensamentos e sentimentos durante a Missa. Mas (infelizmente) não tenho!

Primeiro é a batalha de chegar a horas decentes à Missa, pelo menos com um minuto de antecedência para conseguir chegar ao lugar sem perturbar muito. Depois é acomodar-me: carteira, casacos....

 

- O Senhor do lado poderia chegar-se um pouquinho mais para lá! Será que não lhe ocorre que somos 3 e meio!

- Que cântico de entrada é este? Não conheço. Deste lado não consigo ler para poder cantar! A luz do retroprojetor está fraquinha! Será que o Sr. Padre ainda não reparou? Está assim há semanas! 

- Olha, aquela veio à Missa! Há muito que não a via! Por onde terá andado?! E aqueles não vieram na semana passada. Devem ter feito uma mini-viagem. Fazem bem! Quando é que nós também poderemos fazer... Gostava tanto ir aquele lugar.... 

- Hoje são poucos os acólitos! O que se terá passado? 

- Ufa! Hoje o altar está a abarrotar! Tantos! O que se terá passado?

- O Padre está a rezar a Missa tão depressa! 

- Que voz tão monótona têm o Padre! Que seca! Demora muito?

- O  leitor é fraquinho! Engasgou-se! Trocou-se todo!

- O Padre fala, fala e fala. Não apanhei nem uma!

- Que coisa! Só faltava esta! Queria tanto ouvir o resto que o Padre estava a dizer e... o bebé começou a chorar! Rrrrr! 

- Que cheiro a suor! Ufa!

- Aqueles dois não param de falar! Será que não sabem que estão numa igreja? 

- Que mal educado! o Sr. deveria ter-me cedido passagem! Estou que tempos à espera para entrar na fila da comunhão!

Etc...

 

O meu cérebro é um caos de pensamentos e o meu coração um caos de sentimentos. Eu sou uma pessoa com imensos limites: distraio-me com facilidade, reparo nos outros com facilidade, vejo o que não está bem (no meu ponto de vista) com facilidade, julgo os outros com facilidade...

Com isto tudo não quer dizer que existam motivos na Missa para a minha distração e que não deveriam de existir; que deveriam ser corrigidos para o meu bem (e bem dos outros). Mas não me compete a mim corrigir ou fazer o quer que seja e... quem me diz a mim que até existem de propósito para me testar? Deus usa tudo e é um grande brincalhão.

Portanto, perante isto tudo tive que tomar medidas sérias, para a boa sanidade dos meus nervos!

 

Uma medida foi escolher um sítio estratégico na Igreja. Vamos sempre à mesma Igreja.  Assim, inicialmente por coincidência, comecei a sentar-me num banco que fica próximo de um quadro que ilustra uma estação da via sacra: a crucificação de Jesus Cristo.

Cada vez que alguma coisa me incomoda profundamente na Missa, olho para o quadro e tento recordar-me do sacrifício de Jesus:

 

- Se Ele fez aquilo por todos nós, ao menos eu posso aguentar uma Missa; 

- Se Ele fez aquilo por todos nós, então o que eu acabei de ver não é nada comparativamente!

- Respiro fundo, respiro fundo, respiro fundo e volto a olhar para o altar com a força de vontade de voltar a concentrar-me!

- "Jesus ajuda-me!"

 

Outra medida foi começar a levar o meu missal comigo para a Missa. Ajuda-me imenso. Estando concentrada nos textos do missal o meu pensamento (e olhos) têm rédea curta, por assim dizer!

IMG_6979-001 (1).jpg

 

 

Recentemente comecei também a levar uma caneta para sublinhar e tomar algumas notas nele: é uma forma de me obrigar a ouvir a homilia do princípio ao fim. 

 

Outra metodologia é um exercício de memória. Concentro-me nas figuras e pinturas da Igreja (quadros, imagens, desenhos, cores).

Por ex. os vitrais: tento perceber porquê aquela simbologia tendo em conta a Bíblia e os Mistérios da nossa Fé. De todas as vezes encontro respostas diferentes.

Se for uma imagem, observo os pormenores e detalhes e tento entender o porquê. É interessante o que eu descobro naquela igreja e à qual vou há tantos anos!

 

Confesso que preciso de mais ajudas extras...

Acontece o mesmo convosco? O que é que Vos ajuda a focalizar? 

 

"Não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que está em vós e vos foi dado por Deus? Vocês já não pertencem a vós mesmos! Alguém pagou alto preço pelo vosso resgate. Portanto, glorificai a Deus no vosso corpo."

(1 Coríntios 6, 19-20)

 

Bíblia: "Journaling" no estrangeiro!

12.02.19, Helena Le Blanc

Eu comecei a interessar-me mais por esta atividade e arte espiritual (eu diria arte sacra amadora) quando percebi que nos outros países existem muitos fãs! 

Pedi para entrar em três grupos fechados do Facebook (sendo que existem mais): 

Também se encontram pessoas a fazer "journaling" nos dois grupos seguintes mas  já são grupos que têm mais coisas, como sugestões de estudos, livros, e pedidos de oração por exemplo:  

Se quiseres aderir irás ter que responder a duas ou três perguntas orbigatórias já que são grupos fechados não públicos. As pessoas que fazem parte deles (comunidades) professam a Fé Cristã, mas poderão não ser católicos. Há de tudo. Todos se dão bem porque os que une é Jesus Cristo e a Bíblia. 

Por exemplo, e com a autorização das artistas, deixo aqui alguns exemplos de trabalhos que me inspiraram nestes grupos:

 

   -  Vejam como a KATHRYN GNAGEY decorou a capa da sua Bíblia...

 

IMG_7060 (1).PNG

 

IMG_7058.PNG

 

-  Um trabalho de ANGEE BRICE:

 

IMG_7005 (1) (1).PNG

 

 - LIZ TRIMBLE-BREEDLOVE faz "journaling" na sua Bíblia mas também no seu diário espiritual (folhas soltas neste caso). Ora vejam:

 

IMG_7004 (1).PNG

 

- Como poderam ver na TIA STANFIELD, ela não desenha ou pinta na sua Bíblia. Só escreve. Também é estar na presença com Deus. Tudo vale desde que nos ajude a falar com Deus:

 

IMG_7006 (1) (1).PNG

 

- Mais um trabalho de NADINE DENHARDT:

 

IMG_7003 (1).PNG

 

Não é preciso ser um artista dotado. Eu não sei desenhar e no entanto não deixo que isso me trave e desanime. Assim criei um GRUPO DE FACEBOOK aberto e público, com o nome Bíblia: "Journaling" em português! para partilharmos os nossos trabalhos e dicas, de forma a inspirarmo-nos para o ENCONTRO COM O SENHOR!

 

Screenshot 2019-02-05 12.25.28.png

Bíblia: "Journaling" em português! 

 

"O meu amado é meu e eu sou dele"!

(Cântico dos Cânticos 2, 16)

 

Bíblia: Journaling em português!

08.02.19, Helena Le Blanc

Já começaste? Tens receio? 

Eu percebo. No início também achei esquisito e difícil, afinal a Bíblia é o livro sagrado!

A Bíblia costuma a estar numa estante em casa. Exposta ou arrumada mas sem ninguém lhe mexer na maior parte das vezes. A apanhar pó (toneladas!).

Como é que nunca usamos o livro mais importante da nossa Fé? Ouvimos falar dela milhentas vezes, mas nem pegamos nela sequer! Pegamos nos livros de culinária, nos manuais escolares, nas revistas, nos livros de romance, mas... e a Bíblia? A Bíblia contém as palavras de Deus para cada um de nós! 

Mas também percebo que pegar na Bíblia não é fácil! É enorme, mesmo na versão mais pequena, têm muitas páginas, e não costuma a ser atrativa. Se abro vejo muitas palavras por página e perco toda a vontade de a ler! Não é assim? E para não falar da capa tradicional: uma só cor, normalmente escura. Eu não gosto de coisas feias. Não me atraem. Tento rodear-me, no meu gosto, de coisas bonitas.

Por isto tudo acho que não tenho que ter medo de tornar a minha bíblia bonita aos meus olhos! E torná-la bonita é dar-lhe magnificência, majestade, arrebatamento. Vejam na nossa história o que é que os Reis e Rainhas faziam... Coisas bonitas proporcionam bem-estar, respeito, admiração, anseio, atração...

O que é que eu posso fazer na minha bíblia? "O Céu é o limite". Tudo é possível desde que tenhamos criatividade, sem esquecer que o livro em questão é o mais importante livro na nossa Fé Cristã. 

Vejam o que fiz com a Bíblia que uso para ler, e que tinha uma capa muito muito fininha:

IMG_7094 (1).jpg

IMG_7098.jpg

Na contra-capa colei um esquema de Encontro com Deus segundo os Exercícios Espirituais de Santo Inácio e na 1ª página uma pagela que faz muito sentido para mim: 

IMG_6982 (1).jpg

 

" Maria guardava todas estas coisas, meditando-as no seu coração."

(Lucas 2, 51)

 

 

Mudei de plano! rrrr....

04.02.19, Helena Le Blanc

No segundo dia do plano que tinha escolhido para ler a Bíblia, "Hope in The Psalms" - Esperança nos Salmos, deparei-me com um grande problema. Se repararem no plano, dia 2, estava previsto o Salmo n.º 9, versículo 18 (numero no início de cada frase na Bíblia - versículo). 

IMG_6905.jpg

Acontece que é um só versículo e mais nada. Só uma frase. Não; aquele versículo específico não me dizia nada de nada.

Percebi que um bom plano tem que ter um texto para cada dia e não sómente uma frase ou acontece isto que me aconteceu: não me diz nada aquela frase. Nada de nada. 

Desisti deste plano. 

Escolhi outro plano. Qual? Hummm.... Lembrei-me das leituras da ultima missa de domingo, e lembro-me ter ficado intrigada com umas frases que ouvi. Fui buscar o meu missal onde têm as leituras de cada domingo. Li e reli a 1ª leitura, 2ª leitura e o Evangelho.

IMG_6979 (1).jpg

Decidi ficar pela 2ª leitura, a 1ª carta que S. Paulo escreveu ao povo Coríntio. 

IMG_6980.jpg

Ora vejam onde a minha criatividade me levou:

IMG_6970 (2).jpg

IMG_6973.jpg

IMG_6974.jpg

E porque usei lápis de cor, do outro lado da página não se nota nada. 

IMG_6971 (1).jpg

Não queres experimentar?

 

IMG_6976 (1).jpg

"Cada um recebe o dom de manifestar o Espírito para a utilidade de todos"

(1 Coríntios, 12, 7)

 

O meu plano para ler a Bíblia

01.02.19, Helena Le Blanc

O plano que encontrei e achei que poderia ser um bom plano foi "Hope in The Psalms", a Esperança nos Salmos, partilhado por Emma Vickers, da blessitforward (Inglaterra). É um plano de 20 dias e por isso achei que, para agora que estava a retomar estes meus encontros com Deus, seria um bom plano.

IMG_6858 (1).JPG

 

Devagarinho retomei, preparei e planeei. 

Desenhei na minha bíblia e também o fiz no meu diário. As fotos ilustram os passos que dei quanto ao desenho. 

1 - Encontrei a minha frase no texto definido (Dia 1 - Salmo 3, versículos de 2 a 6);

2 - Decidi qual seria o desenho e procurei na Internet;

IMG_6904 (1) (3).PNG

3 - Tentei diversos tamanhos (utilizando a fotocopiadora) e passei o desenho para a minha Bíblia. Como as folhas são muito fininhas, facilmente copiei o desenho com um lápis de carvão;

IMG_6906 (1).jpg

IMG_6907 (1).jpg

IMG_6908 (2).jpg

4 - Usei lápis de cor para pintar;

IMG_6909 (1).jpg

IMG_6910 (1).jpg

IMG_6911 (1).jpg

Decidi também utilizar um marcador com ponta fina para delimitar o desenho. Como poderão ver, do outro lado da folha só se vê o marcador (que eu utilizei deliberadamente). O que está pintado em lápis de cor não apaga as letras da Bíblia e (quase) não se nota no outro lado da folha. A Bíblia continua legível. 

Eu queria que o escudo se visse no outro lado, como se fosse um selo.

IMG_6912 (1).jpg

5 - Também decidi fazer o mesmo desenho no meu Diário. Utilizei papel vegetal para fazer a transferência dos traços do desenho;

IMG_6913 (1).jpg

IMG_6914 (1).jpg

IMG_6916 (1).jpg

6 - Aqui já pude utilizar marcadores à vontade e transcrevi a frase que eu priorizei, ou seja a frase que me ajudou a encontrar a mensagem que Deus tinha para mim.

IMG_6917 (1).jpg

Inspirou-te? Receias desenhar ou sequer sublinhar na tua Bíblia?

Experimenta, devagarinho. Não tem que ser logo com tantas cores, palavras e riscos. 

Há pessoas que todos os anos, em Janeiro, adquirem uma Bíblia nova, para esta atividade. Tal como diários, guardam as suas Bíblias com lindas pinturas e desenhos. 

E porque não? 

IMG_6917 - Cópia.jpg