Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

Árvore de Jessé - Dia Quatorze

16.12.17, Helena Le Blanc

Sábado, dia 16 de Dezembro de 2017 - 14º dia do Advento/ dia quatorze para a Árvore de Jessé:

 

DIA 14

 

SÍMBOLO

 

 

UMA COROA

 

 

TEMA

 

 

REIS E PASTORES

 

 

BÍBLIA

 

 

II SAMUEL 5, 1-5

 

TEXTO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1“Todas as tribos de Israel foram ter com David em Hebrom e propuseram-lhe:

"Vê! Somos do mesmo sangue. 2 Já, antes, quando Saul era nosso rei, o verdadeiro comandante de Israel eras tu.

E o Senhor disse-te: 'Tu serás o pastor do meu povo Israel. Tu serás o chefe de Israel”.

Todos os anciãos de Israel foram visitar o rei em Hebrom, e David fez um pacto com eles em Hebrom, diante do Senhor. E eles ungiram David como rei de Israel.

David tinha trinta anos de idade quando começou a reinar, e reinou durante quarenta anos.

5 Em Hebron, ele reinou sete anos e meio sobre Judá. Depois, em Jerusalém, reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e sobre Judá .”

 

Da Bíblia Sagrada Edição Pastoral da Editora Paulus

ATIVIDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

David era um rapazito quando foi ungido por Samuel. Venceu Golias, o grande guerreiro filisteu com uma funda e 5 pedrinhas. Vivia junto das suas ovelhas cantando e tocando. Nada tinha a ver com o Rei Saul, o primeiro Rei de Israel. Amigo do filho do Rei cresceu com coragem e temor a Deus. Cedo Saul percebeu o valor deste jovem: tornou-o num dos comandantes principais do seu exército. Mas Deus tinha um plano maior para este pequeno menino: ser o Pastor de seu povo.

Atribui-se autoria da grande parte dos Salmos ao Rei David. Procurem um que gostem e tentem canta-lo usando uma melodia que já conhecem. Acrescentem gestos e passos de dança.

 

ORAÇÃO

 

 

 

Meus Deus, obrigada por nos teres dado o Bom Pastor, Vosso filho, o Rei do Céu e da Terra, para cuidar de nós!

 

 

Colocar a imagem (símbolo) na Árvore de Jessé

 

prince-2974364_1920 (Small).jpg

 

14 DIA - DAVID.pdf - Documento PDF do dia 14 da Árvore de Jessé

 

 

 

Árvore de Jessé - Dia Treze

16.12.17, Helena Le Blanc

Sexta-feira, dia 15 de Dezembro de 2017 - 13º dia do Advento/ dia treze para a Árvore de Jessé:

 

DIA 13

 

 

SÍMBOLO

 

 

UMA TIARA

 

 

TEMA

 

 

DEUS TEM UMA MISSÃO ESPECIAL PARA

CADA UM DE NÓS

 

 

BÍBLIA

 

 

Ester 4

 

TEXTO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ester foi uma rainha muito especial. O seu nome quer dizer “Estrela”.

Ela perdeu os pais quando era criança. Foi criada pelo primo Mardoqueu. Aprendeu a amar Deus e a cumprir a Lei de Israel.

Mardoqueu era um homem muito justo e crente. Ester tornou-se numa menina, bela, humilde e muito inteligente.

O Rei da Pérsia Assuero era também o Rei da Babilónia, local onde os judeus vivam na época, pois tinham sido expulsos da sua terra.

Este Rei era casado com Vásti, a rainha. Acontece que eles se desentenderam. A rainha Vásti desobedeceu ao seu Rei. Este, muito chateado decidiu procurar outra esposa, outra rainha. Fez um decreto nesse sentido.

Entretanto havia um homem na corte chamado Amã que queria à força que os emigrantes israelitas mudassem de religião, de fé, e começassem a adorar os deuses deles. Amã andava sempre a embirrar especialmente com Mardoqueu. Acontece que Amã conseguiu convencer o Rei a assinar um decreto: os judeus tinham que ser exterminados.

Mardoqueu lembrou-se de introduzir a sua prima na corte, e o Rei apaixonou-se no mesmo instante por Ester. “O Rei amou Ester mais do que a todas as outras mulheres, e Ester conquistou as graças e favores do Rei mais do que nenhuma outra donzela”.

O Rei colocou-lhe na cabeça o diadema real e proclamou-a Rainha.

Ester, mesmo rainha, continuou a ser humilde e fiel ao Deus de Israel. Era Rainha do vasto Império Persa. Mas ela tinha este grande segredo que o Rei não sabia: era judia. E o Rei tinha dado a ordem de morte para todos os Judeus.

Ester, depois de jejuar e rezar a Deus durante 3 dias, decidiu que tinha chegado a hora de revelar o seu grande segredo ao Rei e seu esposo. Confiou em Deus.

Apaixonado, o Rei disse à sua esposa que faria tudo o que ela pudesse pedir. Iria fazer tudo para a proteger, a ela e ao seu povo.

Então, a pedido dela o Rei aprovou uma lei que dava autorização para os Judeus se defenderem da “espada”, já que o decreto anterior era irrevogável. Também condenou Amã à morte.

Ester foi proclamada por todo o povo de Israel como a “bênção de todos”.

Desde essa altura que os Israelitas festejam, durante dois dias, com banquetes, músicas, fantasias e a narração do Livro de Ester. Durante a leitura, cada vez que soa o nome de Amã (o grande inimigo de Israel) fazem muito barulho com o reco-reco para que não se consiga ouvir o seu nome.

Esta festa é conhecida como “PURIM”.

 

ATIVIDADE

 

 

 

 

 

Duas sugestões:

- fazer um bolo para festejar esta bela história de Ester e do Imperador Persa;

- arranjar diversos objetos para fazer barulho e repetir a leitura da história. Ao nome AMÃ todos deverão fazer barulho para que o seu nome não se oiça.

 

ORAÇÃO

 

 

Meus Deus, ajuda-me a descobrir qual é o teu plano para mim!

 

 

 

Colocar a imagem (símbolo) na Árvore de Jessé

 

little-955343_1920 (Small).jpg

 

13 DIA - ESTER.pdf  - pdf do dia 13 da Árvore de Jessé