Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

14
Fev17

Feliz Dia dos Namorados

Helena Le Blanc

 

Há muitas teorias, versões e posicionamentos relativo a este dia conhecidos por todos.

No nosso caso, nós gostamos de comemorar de forma "normal", simples.

Costumamos jantar fora, não neste dia pois é uma confusão, mas num outro dia escolhido por nós, e trocamos um pequeno "miminho".

O James ontem surpreendeu-me antecipando o nosso Valentine´s Day. Ao chegar a casa do trabalho, com o Xavier, ofereceu-me uma planta e convidou-nos para irmos jantar ao restaurante que eu gosto muito.

Fiquei surpreendida mas muito muito agradecida (Obrigada Senhor!). Estava com uma dor de cabeça há mais de 24 horas acompanhada de tosse. Tentei tomar uma aspirina durante o dia mas não passou.

Portanto não ter que fazer o jantar foi uma bênção.

IMG_0306-001 (1).JPG

Durante o jantar falamos um pouquinho sobre amanhã ser o Dia dos Namorados com o Xavier. Perguntei-lhe se amanhã (hoje) não queria fazer um coração com a mamã. Ele respondeu-me que já tinha feito. Percebi que deveria ter sido na escolinha. Perguntei-lhe para quem? Ele respondeu que era para mim! Fiquei deliciada. O James, a esta altura, avisa-o que era uma surpresa e como tal não deveria ter-me dito.

Fiz-lhe uma pergunta que nunca tinha feito: quem é a tua namorada? Ele respondeu: a mamã.

Sorri muito. Uma resposta puramente da sua autoria!

É muito habitual os pais e avósd fazerem este tipo de perguntas aos seus filhos/netos, e os próprios pais comentarem entre si estas coisas, claro que numa espécie de brincadeira. Sempre notei nestas conversas, nesta espécie de brincadeira, esperanças e espetativas, que na minha opinião acabam por influenciar um pouco as crianças. Por isso nunca ter feito antes esta pergunta ao meu filho.

Depois desta pequena conversa demos o tablet ao Xavier.

Temos um tablet na família e só damos ao Xavier quando vamos a um restaurante ou a uma festa/evento de adultos que se torne demorado e entediante para ele.

Portanto, ontem ele ficou entretido dando-nos uma hipótese de conversa entre nós.

Em casa, às vezes, fazemos com a televisão, durante a refeição, sentados os 3 na mesa de jantar. Enquanto ele vê televisão nós os dois vamos conversando. Precisamos deste espaço pois o Xavier está cada vez mais falador e participativo nas conversas.

Retomando, estávamos então a conversar e o Xavier a jogar quando ele diz uma coisa que eu não percebi. Pedi para repetir e o James é que me esclareceu. Tive que filmar, obviamente:

 

 

"Eu e a minha família serviremos o Senhor"

(Jos. 24, 15)

 

Feliz dia dos Namorados!

 

 

 

08
Fev17

Santa Bakhita, sabem quem é?

Helena Le Blanc

Como ultimamente não tenho escrito de forma regular, e ontem não estava a contar em escrever sobre a Festa das Cinco Chagas do Senhor, achei sinceramente que iriam passar vários dias até conseguir escrever outro texto/post.

Enganei-me.

Agora há pouco, enquanto verificava mais umas faturas/recibos no e-fatura (tenho que verificar de 6 pessoas e o prazo está a ficar apertado) o James pediu para verificar se tínhamos um determinado programa no portátil.

Eu respirei (interiormente) duas vezes e acedi de forma muito tranquila. Já é difícil ter a motivação certa para verificar as faturas/recibos mas com interrupções não urgentes o meu termómetro começa a subir em flecha!

Enquanto ele verificava o que queria, peguei no meu telemóvel e vi um pouco "as notícias do dia" no facebook. 

Reparei numa coisa hiper-super-interessante: a Catholic All Year informava que hoje é o dia de Santa Bakhita.

JosefinaBakhita_08Febrero.jpg

O meu coração deu um pequeno pulo. Eu "conheço-a"!

Como?

A Teresa Power há algum tempo atrás, no âmbito da formação para catequistas na Paróquia de Mogofores, já nos tinha falado dela, a primeira santa africana. 

40025C.JPG

Na altura eu reagi de forma mais ou menos indiferente, no entanto uma amiga minha (muito próxima) "delirou" com esta santa. Depois de saber mais sobre ela e ler a história dela ficou completamente "apaixonada" - sem ofensa para o seu marido.

Portanto, percebi que hoje era o dia dela. Imediatamente reencaminhei o texto para a minha querida amiga (tradução do google radutor):

"Feliz festa de São Joséfina Bakhita! Nascida no Sudão em 1869, foi raptada por traficantes árabes de escravos aos sete anos de idade e escravizada na Turquia. Depois de anos de abuso, ela foi comprada por um diplomata italiano que a trouxe de volta para a Itália, e a deu um amigo.

Ela aprendeu sobre a fé católica ouvindo as lições de catecismo dadas pelas Irmãs Canossianas à Bakhita. Ela foi batizada e confirmada em 1890. Quando a família decidiu retornar à África, Josephine se recusou a ir com eles, sendo eventualmente libertada pelos tribunais italianos. Alguns anos depois, ela se tornou uma irmã Canossiana.

Mais tarde, ela escreveu: "Se encontrasse aqueles negreiros que me raptaram, e mesmo aqueles que me torturaram, ajoelhar-me-ia para beijar as suas mãos; porque, se isto não tivesse acontecido, eu não seria agora cristã e religiosa". (...) O Senhor amou-me tanto: devemos amar todos ... devemos ser compassivos! " 

 

Fiquei pensativa. Pesquisei (depois da nossa sessão/atividade familiar depois de jantar - filme dos Trolls em que acabamos todos a dançar feitos maluquinhos) li um pouco mais AQUI e AQUI, ficando impressionada com a força e coragem desta pessoa.

1863 _torso_2.jpg

Passou horrores na sua vida, sendo maltratada, chicoteada, escravizada durante muito tempo, vendida diversas vezes, etc... E no entanto não guarda nenhum ressentimento contra os homens, o ser humano em geral e em particular! Nada.

Uma pessoa que depois de viver um inferno durante anos não ficou "recalcada"! Suponho que seja um desafio para a psicologia moderna.

Agora, sem ironias, como é que é possível?! 

Uma menina, não sabendo nada do mundo, submeteu-se a tudo e a todos, aguentando conforme pôde, conseguia e sabia, para somente servir ao próximo, fosse quem fosse!

Que grande senhora! Que grande alma! Que grande exemplo para todos nós: fartamo-nos de queixar por tudo e por nada (e falo mesmo por mim própria!)

...

Não consegui resistir a não escrever este post!

 

Santa-Josefina-Bakhita.jpg

 

 Santa Josefina Bakhita (a abençoada),

também conhecida por Irmã Moretta,

rogai por nós!

 

 

P.S. - Amiga, querida amiga, tal como falamos eu vou conseguir-te a imagem desta Santa. Já a encontrei. Agora só basta encomendar e esperar algum tempo, pois a viagem será longa.

 

 

07
Fev17

Festa das Cinco Chagas do Senhor

Helena Le Blanc

Hoje reparei, acidentalmente, que era a festa das Cinco Chagas do Senhor.

Como? Festa de quê? Sei o que são as Chagas do Senhor mas... uma festa assim específica?!

 

Desde o recente Setembro que, para além de fazer download do calendário litúrgico (AQUI) para o calendário do google, decidi adquirir uma pequena agenda que me vai dando algumas informações sobre os acontecimentos da Igreja, da minha Fé. Não me dá tudo como o download, mas o suficiente para não me sentir tão perdida (Agenda Cristo Caminho 2016/2017 da Editora Paulus).

Deixei de apontar as minhas questões pessoais no calendário google (usando o telemóvel) e retomei o registo de caneta e papel nesta pequena agenda.

Hoje aconteceu que tive alguns telefonemas familiares, especialmente relativo a um familiar que está a fazer um programa de reabilitação. Está a ter muitas dificuldades (esperadas) de adaptação, tendo decidido abandonar hoje. Eu tenho sido a porta-voz da família, porque os restantes elementos já fizeram o papel deles por muito tempo. Estão muito cansados e esgotados. Chegou a minha vez. É um familiar que me é muito querido e próximo da minha idade. Com o acordo e apoio do meu marido, estou em condições de poder assumir este papel, com a vantagem de a distância jogar a favor dos objetivos que se pretendem alcançar.

Retomando, depois de diversos telefonemas, peguei na minha agenda para registar o que tinha acontecido, e apontar os prazos que ele tem para tomar uma grande decisão; foi quando reparei na festa de hoje. Achei piada, sem piada nenhuma!

Decidi investigar.

Encontrei na Agência Ecclesia  uma primeira abordagem e que têm a ver diretamente com a nossa bandeira nacional:

 

unnamed.png

Os 5 desenhos em azul com umas bolinhas, no meio do símbolo, simbolizam as 5 chagas de Jesus Cristo. Chamam-se besantos brancos. Nós, portugueses, decidimos marcar um dos símbolos mais importantes do nosso país com as 5 chagas de Jesus Cristo!

Como é que eu não sei disto? Porque é que isto não é mais divulgado?

Bem ou mal, os nossos antepassados, mais ou menos inteligentes, mais ou menos crentes, decidiram de forma maioritária (não sei se unânime) em marcar um dos mais importantes símbolos nacionais com Jesus Cristo, para todo o sempre!

Que maravilha!

Depois, lendo um artigo dos Arautos do Evangelho, percebi. Reproduzo o texto que li: 

 

"Jesus é descido da Cruz. Cuidadosamente, Nicodemos, José de Arimatéia e São João O conduzem até Maria Santíssima e O depositam em seu virginalíssimo regaço. Sentada, Ela O acolhe transida de dor e O adora. Enquanto as Santas Mulheres preparam os bálsamos com que em breve irão ungi-Lo, para ser depositado no sepulcro, Ela oscula, uma a uma, suas Chagas: a do peito rasgado, as dos divinos pés e mãos. Realiza- se ali o primeiro ato de devoção e adoração às Chagas do Redentor, que iria perpetuar-se por todas as gerações. A Bem-Aventurada por excelência rende o mais perfeito culto de latria às fontes sagradas de onde jorrou o Sangue que redimiu total e superabundantemente todo o gênero humano.

Por causa daquelas Santíssimas Chagas, Ela fora preservada do pecado original e aos homens de boa vontade abriram-se as portas do Céu. Cinco fontes de graças infinitas, plenas de formosura, saciando a santidade das almas contemplativas, missionárias e apostólicas, selando a coroa de glória dos mártires e as vitórias de todos os tempos. Eis o manancial que nos purifica no Batismo, nos revivifica na Eucaristia e dá fecundidade a toda a Santa Igreja, nos seus sacramentos. Eis a santa argamassa que, ligada aos sacrifícios dos homens, erguerá os mais belos monumentos e poemas da Civilização Cristã."

 

Fiquei sem palavras.

Não consegui investigar mais a respeito na net e lembrei-me de umas fotos que tinha tirado há relativamente pouco tempo, na nossa Igreja Matriz de Mogofores: o altar da Nª Sª da Piedade.

 

IMG_8574.JPG

IMG_8571.JPG

IMG_8570.JPG

 Luís de Camões no seu poema “Os Lusíadas”:

 

" Vede-o no vosso escudo, que presente
Vos amostra a vitória já passada,
Na qual vos deu por armas e deixou
As que Ele para si na Cruz tomou."

 

 

Termino com uma musica, a minha musica preferida, da Família Power: Via-crucis

clique em cima da seguinte palavra: Via-Crucis.mp3

 

 

Pág. 1/2

Sigam-me

Comentários recentes

  • Anónimo

    Regular updates to the countdown to the Day of the...

  • Helena Le Blanc

    Ola!Obrigada Sr./Sr.ª Desconhecido(a).Vou dar notí...

  • Anónimo

    Mudou-se para o sapo e nunca mais escreveu?Dê notí...

  • Bruxa Mimi

    Boas leituras, Lena!Bjs,Mimi

  • Anónimo

    Bela ideia! Acho que o senhor padre este ano quer ...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim

foto do autor