Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

O homem é BOM

18.08.16, Helena Le Blanc

No ultimo fim de semana nós aceitamos o convite do Club Aveiro TT

_DSC4840 (1).JPG

 

O James gosta muito de TT e do seu Vitara. Portanto, nada mais divertido do que ir no jipe do papá para um grande passeio.

Fomos bem recebidos pelos membros do Club: muito simpáticos e acolhedores!

Saímos às 9h00 de Aveiro e fizemos um trilho para os lados de Albergaria-a-Velha e Águeda. Qualquer viatura 4x4 poderia ter participado. O passeio terminaria numa praia fluvial para almoço e banhos refrescantes.

 

A atividade era gratuita, sendo o almoço da responsabilidade de cada família.

Eu e o Xavier, um pouco novatos nestas andanças (com pessoal de Clubs) estavamos entusiasmados, ambos com as nossas cameras na mão.

O meu filho tinha tido a sorte do avó lhe ter dado uma camera vintage de rolo que já não funcionava.

_DSC4833 (1).JPG

Eu observei paisagens e caminhos. Tirei muitas fotos.

A determinada altura, porque a paisagem mudou, recordei uma história importante: a história da  salvação da humanidade.

 

Um belo dia Deus, o Todo Poderoso, decidiu criar o universo.

Não havia qualquer material.

Nada existia.

Deus não podia alterar ou manipular o quer que seja porque não existia o mundo material. 

Ele, de livre vontade, decidiu criar. Não foi fruto de mero acaso, de "automatização cósmica acidental ou descontrolada".

Deus entusiasmou-se na sua criação e verificou que tudo era muito bom.

_DSC4705.JPG

_DSC4994.JPG

Consequentemente Deus "despejou baldes" da sua própria bondade nessa nova realidade. Quer dizer que o homem foi banhado pela bondade natural. O homem foi criado à semelhança de Deus nas suas capacidades, possuindo o potencial da vida.

A origem do homem é Deus, como tal a sua realização plena só poderá ser em comunhão com a sua origem e essência, ou seja, o seu criador. 

_DSC4951.JPG

Ele incute no homem um papel especial: liderança responsável sobre tudo e todos.

Mas Deus não fica por aqui. Porque ele nos amou desde o primeiro segundo, liberta-nos para podermos decidir se retribuíamos o seu amor sem pressões, obrigações ou deveres.

Para um pai ou mãe este é o aspeto mais sensível da relação entre pais e filhos, certo? Nunca poderemos obrigar filhos a gostarem dos pais, mas se isso acontece é profunda a alegria porque sabemos que é um sentimento genuíno. 

Conclusão: a humanidade não é má por natureza! Não somos uma fonte do mal!

 

Não somos?

 

Não. Mas... 

Neste passeio vi sinais da maldade dos homens. O homem não tem um lado bom e um lado mau?

_DSC4857.JPG

_DSC5105.JPG

Não, não tem.

O homem é naturalmente bom.

Pensando bem, de facto só poderia ser assim. Se nós somos fruto da criação de Deus e se Deus é o verdadeiro Deus, então nós somos uma criação perfeita. Um verdadeiro Deus não faz asneiras!

 

Então porque é que criamos e espalhamos o mal?

 

Cara/o Amiga/o desculpa-me!

A história continua no próximo post.

 

 

Entretanto, poderás ler estes posts:

Post sobre a teoria do Big Ban

Post: Eu acredito em Deus

Post: Adão e Eva, qual a verdade?

 

 

 

A terra num inferno

18.08.16, Helena Le Blanc

Na ultima semana a zona de Mealhada, Anadia e Oliveira do Bairro tem estado sob ataque.... terrorista? 

Se considerarmos o significado da palavra "terrorismo" -  o uso de violência, física ou psicológica, através de ataques localizados a elementos ou instalações de um governo ou da população governada, de modo a incutir medo, pânico e, assim, obter efeitos psicológicos que ultrapassem largamente o círculo das vítimas, incluindo, antes, o resto da população do território. É utilizado por uma grande gama de instituições como forma de alcançar seus objetivos, como organizações políticas, grupos separatistas e até por governos no poder - então, na minha opinião, acho que se aplica ao que têm vindo a acontecer nos últimos dias em Portugal.

Instalei a app "Fogos PT" para poder ir acompanhando, enquanto trabalho. Houve alturas que o fiz através do facebook, partilhando a informação. Mas há momentos que não o posso fazer, e por isso tenho a app para ir sabendo... e... bem, nem querem lá saber! Ativei as notificações para a zona de Aveiro e Coimbra e apareceram tantos avisos de fogos durante os últimos dias que eu pensei que a terra tinha-se transformado num inferno.

O mundo está louco?! Anda tudo louco?!

No facebook encontramos o mesmo desabafo em muitos comentários.

Depois de viver a angústia desta tragédia (à distância de 15 kms), cheguei à conclusão que estamos sob um ataque terrorista. Já se percebeu que tantos fogos não podem ser "naturais". Foram encontrados sinais de fogo posto e até já apanharam algumas pessoas. Mas não me lembro de nunca ter sido assim ou seja, repetirem esta "atividade" tantas vezes em curtos espaços de tempo em quase todo território português.

Eu não sou ninguém para analisar estas coisas, mas... fico a pensar. E como eu muitas outras pessoas: estes fogos são no interesse das empresas madeireiras, no interesse de empresas de consumíveis necessários ao combate dos fogos, empresas das vestes dos bombeiros, ou como li recentemente no interesse de empresas de aviões e jatos particulares, etc.

Também já ouvi quanto à responsabilidade do estado em que investe mais em meios de combate do que em estratégias de prevenção. Muito se fala e diz, mas o facto é que os fogos têm sido postos com uma regularidade extraordinária na época do ano mais "interessante".

Não será isto um ataque terrorista?

Outra coisa que tenho ouvido é a reação relativo à "mão-de-obra" desta atividade: os piromaníacos.

Qual deverá ser o seu castigo? 25 anos de prisão? Serem colocados no meio do fogo? 

Eu, depois de ter visto um fogo de perto (AQUI), não posso imaginar quem quer que seja (mesmo tendo cometido os piores crimes ) a ser queimado vivo.

Na minha pequena e humilde opinião, proponho por exemplo, para além da prisão e apoio terapêutico intenso, serem colocados junto dos bombeiros na 1ª fila de combate às chamas, com mangueiras nas mãos, a sentirem e a verem o inferno durante horas e horas até ficarem completamente exaustos. Claro que em termos práticos poderá ser uma ideia sem consistência, mas é uma ideia. Também sugiro o trabalho de prevenção: limpeza aos pinhais e terrenos em épocas mais frias (para não haver perigo de fugas ou início de fogo mesmo sob vigilância). Uma boa medida também seria, depois de cumprida a pena, terem um chip de localização para serem sinalizados quando necessário para as devidas entidades.

Opiniões, ideias é o que nós precisamos: conversar sobre as coisas que de facto têm importância, ouvir-mo-nos uns aos outros, votar com responsabilidade relativo a quem terá que tomar decisões por todos nós e penalizar quem de direito, sejam políticos, gestores, particulares, funcionários... Rezar, e muito. 

 

Que Deus nos proteja deste inferno na terra, porque ele contínua... 

transferir.png

 Bairrada ferida de chamas, de João Paulo Teles