Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

as surpresas de DEUS!

uma cristã católica com sérias dificuldades no caminho da Santidade!!!

Famílias de Caná (finalmente) fazem parte da Igreja Católica!

28.06.16, Helena Le Blanc

Transcrição do texto da Região Bairradina:

 

O movimento católico “Famílias de Caná”, criado em Mogofores (Anadia) a 14 de setembro de 2013, acaba de ser reconhecido como movimento diocesano, pelo Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro. Esta decisão, ‘ad experimentum’ por um período de três anos, resulta de uma profunda análise da Diocese à forma como este movimento desafia e tem conseguido cativar inúmeros fiéis à prática da oração familiar, ao ponto de reunir já seis Aldeias de Caná em todo o país, desde Vila Nova de Famalicão a Almada.
Para assinalar este reconhecimento da Diocese, a basílica do Santuário Nacional de Maria Auxiliadora, em Mogofores, vai receber uma eucaristia extraordinária, celebrada pelo Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, no próximo dia 3 de julho, a partir das 15h30, altura em que será formalizada, esta certificação da Igreja. Na ocasião, será apresentado, oficialmente, o site do movimento (www.familiasdecana.pt)
Com este reconhecimento, os pressupostos, a razão de ser e os objetivos das “Famílias de Caná” ficarão compilados em livro para distribuição a párocos e outros bispos sempre que o movimento se deslocar para fora da diocese.
“Havemos por bem aprovar na nossa Diocese de Aveiro o «Movimento Famílias de Caná», como um movimento eclesial de espiritualidade familiar, ‘ad experimentum’ e por um período de três anos, segundo o seu carisma, espiritualidade e missão, tal como está publicado na sua Carta Fundacional”, refere o Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, no “Decreto de Aprovação das Famílias de Caná”, concluindo que “a Maria Auxiliadora, Mãe de Caná, entregamos todas as Famílias de Caná, sabendo que Ela sempre nos auxiliará nesta tarefa humilde e grandiosa de fazer tudo o que Jesus nos disser”.
Teresa Power, mentora do movimento e elemento da primeira Família de Caná, não esconde a satisfação por este enorme passo alcançado para o reconhecimento deste trabalho conseguido em menos de três anos, destacando que “é como que a certificação dada pelo Senhor de que o movimento é querido por Ele para a santificação das famílias do nosso tempo”. “A partir deste momento, as famílias que descobrem no movimento um caminho de santidade sabem que estão a caminhar em perfeita sintonia com a Igreja, sua Mãe”, conclui.

IMG_2823.jpg

IMG_2833.jpg

IMG_2832.jpg

 

Blogosfera: serviços mínimos

27.06.16, Helena Le Blanc

Não foi há muito tempo que pensei ser difícil não utilizar a internet e não ter este tempinho para ler blogs e escrever posts, pelo menos uma vez por semana.

Não sei porque é que pensei isto, mas tenho a sensação que foi um post da Olívia (Blog Adotar, Amar, Viver).

Acontece que, nos ultimos tempos, eu tenho (efetivaamente) estado numa espécie de "serviços mínimos" da blogosfera, dos emails, dos outros blogs, etc...

Não é a primeira vez que me acontece, mas desta vez é contra a minha vontade. Eu queria muito esse tempo e fazer essas coisas! Passei as ultimas semanas na expetativa...

Tem sido difícil ver o meu tempo dividido entre a Família, o Trabalho, os Amigos... E muito pouco para mim! Tenho assistido de camarote aos meus sacrifícios e à minha coragem com um sorriso (mais ou menos forçado). Aceitei e adaptei-me.

Tenho ouvido mais programas áudio (filmes You tube, podcasts, radio) quando preparo a refeição, tomo banho ou conduzo para algum sítio. 

Sabe bem! Fazer isto tudo sem resmungar ou dizer uma palavra contra o quer que seja: ter o coração aberto para a novidade, a surpresa, as solicitações, os convites...

E...

Apareceram coisas tão boas! 

Grande e pequenas surpresas de Deus!

- Descobri que... sentia necessidade de saber mais de Deus, para além das minhas habituais leituras E não há melhor fonte que a Bíblia! Investiguei sobre o " journaling bible", reuni materiais, preparei a minha metodologia e comecei muito vagarosamente. 

IMG_4313.JPG

- Descobri que... uma amiga minha pinta, e muito bem: Vera. Ela, para além de Edudacora de Infância, Catequista, Cantora num Coral, Acólita e escreve no blog: Pipoquices Cor de Rosa. Tive a oportunidade de ficar com um quadro!

IMG_4336.JPG

 - Descobri que... das Feiras de Antiguidades encontram-se coisas muito giras, como este oratório de madeira!

IMG_4321.JPG

- Descobri que... numa das Peregrinações que fiz este ano a Fátima, em menos de meia-hora encontrei a imagem para o meu novo oratório. Cumprido o programa da Peregrinação, só fiquei com meia-hora, ou perdia o autocarro. Nesse espaço de tempo rezei uma Ave Maria na Capelinha das Aparições, ofereci algumas velas, e cheguei ao autocarro à hora combinada;

IMG_4322.JPG

- Descobri que... é relaxante estar na conversa com os nossos amigos! Eu cresci (mais ou menos) isolada com a minha avô, e talvez por isso não me sinta confortável falar com as pessoas num registo mais pessoal. No entanto, descobri que... é bom estar com as pessoas, com os amigos! Participei num passeio com Jipes para um piquenique numa praia fluvial; vi os jogos da nossa seleção; organizei um almoço ou jantar descontraído...

Não ter medo de dizer patetices; não ter medo de oferecer o que temos e que é tudo graça de Deus; não ter medo de pedir alguma coisa para a nossa família; não ter medo de estar com as pessoas; não ter medo de ser "realmente" eu...

IMG_4305.JPG

- Descobri que... é possível encontrar uma plataforma de entendimento com os meus pais, e em especial com a minha mãe. Nós falamos e damo-nos bem mas de forma um pouco forçada, com riscos de obstáculos e sobressaltos. Agora, acho que conseguimos verdadeiramente respeitar-mo-nos entre todos e... pensar: "E porque não?!"

IMG_4330.JPG

- Descobri que... é possível eu e o meu filho termos afinidades quanto às brincadeiras! Eu não gosto brincar aos carrinhos! O James passou praticamente todo o inverno a brincar com ele. Não é que eu não goste de estar com o meu filho, mas... carrinhos... rrrr. Este é um dos meus limites! Com o verão, descobri uma coisa que nós gostamos muito: brincar juntos na piscina. Quase todos os dias tento sair do trabalho a horas decentes para... ir brincar com o meu filho para a piscina. Eu e o Xavier temos sido os utilizadores mais frequentes.

IMG_4345.JPG

 

O que mudou? 

Eu comecei a confiar (mais) em Deus!

 

Deus, tu és grande e poderoso!

Uma coisa tão simples!

15.06.16, Helena Le Blanc

Surpresa do dia: o meu filho oferece-me uma flor!

Não é a primeira vez que o Xavier oferece-me flores... com a ajuda de alguém ( o Pai, a Educadora de Infância, a Ajudante de Ação Educativa, etc...)

Desta vez, foi diferente. Os avós foram buscá-lo para passar o dia com eles. Mais tarde fui ter com eles para almoçar e... esperava-me uma surpresa: o meu filho tinha cortado um jarro para me oferecer.

IMG_3315.JPGXavier -  É para ti, Mamã!

Eu - Ai sim? Que lindo. É um jarro!

Xavier - Pois é! Têm a forma de um coração!

Eu - ...

Sinceramente, nunca tinha reparado nesse pequeno (grande) detalhe!

Fiquei surpresa e "babada"!

IMG_3316.JPG

Nesse dia à noite disse ao meu filho tinha colocado a flor no nosso cantinho de oração.

Ora vejam:

IMG_3332.JPG

Ele não concordou totalmente, e corrigiu a posição da jarra.

Ora vejam:

IMG_3333-001.JPG

Perceberam qual é a diferença?

Eu tinha colocado o jarro junto de Maria, a Nossa Mãe do Céu. Ele ao perceber isso disse-me categoricamente que a flôr era para Jesus, e aproximou a jarra da Cruz. 

Eu... (pela segunda vez)  fiquei sem resposta!

 

 

 

Estamos de férias!

14.06.16, Helena Le Blanc

A minha família conseguiu ter uma semana de férias no início deste verão!

Estávamos a precisar.

Parar para estar juntos!

Apesar de um início atribulado, conseguimos conciliar tudo, até mesmo a instabilidade atmosférica.

Para quem nos segue no facebook, temos colocado fotos e vídeos das nossas atividades.

 

Estar de férias significa:

1-  estar com quem mais amamos todas as horas do dia - um verdadeiro desafio;

2 - ceder e deixar-nos levar pelo imprevisto e pelas opiniões dos outros - uma verdadeira surpresa;

3 - apreciar a beleza do mundo que nos rodeia - uma verdadeira maravilha;

4 - aproveitar todos os momentos extras para fazermos o que mais gostamos - no meu caso ler... um verdadeiro prazer.

 

Estar de férias também significa continuar a aprofundar a nossa relação com Deus. E com isto quero dizer por exemplo participar na Eucaristia Dominical. 

Neste último domingo, fiz todos os esforços para participar na missa mais próxima do local onde estamos. Acho que para nós é uma primeira vez. Em época de férias sempre facilitamos quanto aos nossos deveres de cristãos. 

Acreditem que fiquei muito contente por termos tomado esta decisão, pois acabou por ser uma oportunidade para outras coisas...

 

Vantagens em ir à Missa no período de férias:

1 - descobrir uma igreja diferente... - neste caso mais específico, uma igreja de um santo que nunca tinha ouvido falar...

2 - ouvir cânticos diferentes... - alguns menos sentidos, outros que emocionam...

3 - observar a organização da liturgia, muito diferente da que estamos habituados - por exemplo não existirem acólitos mas homens de idade avançada, vestidos com fato junto do sacerdote...

4 - ouvir um sacerdote diferente - que neste caso tinha um tom de voz impressionante com entoações muito interessantes. Digamos que tinha "voz de radio" amorosa! 

 

E perguntei-me: porque é que afinal eu facilitei durante as nossas férias nos anos anteriores? Por pura estupidez!

Gostei e muito... 

 

Aqui ficam algumas fotos.

IMG_3604.JPG

IMG_3603.JPG

IMG_3601.JPG

IMG_3599.JPG

IMG_3600.JPG

 

Porque é que Deus se cala?

02.06.16, Helena Le Blanc

Antes de ontem estava a ver um vídeo e... encontrei uma ideia que me pareceu inicialmente estranha.

E essa foi a minha surpresa de Deus desse dia.

Deus fala sempre connosco através de diferentes meios e sinais: é a palavra da bíblia, são comentários na boca dos outros, são as "ditas" coincidências - que não são coincidências, são sonhos, são reações físicas em determinados momentos - por ex. o arrepio, são acontecimentos extraordinários, etc...

69E9A2F1-F769-4D90-AC76-E924C3D5EC04.JPG

Eu sinto muito estas coisas. Vocês não sentem?

B243EEE1-FBBC-4596-85CC-9C89FD9EB8FB.JPGNós somos filhos divinos de Deus e como tal, apesar de sermos milhões de seres vivos, Ele cuidada de cada um de nós, desde que assim o aceitemos. Com isto quero dizer que temos de lhe dar o primeiro lugar para que isto aconteça. 

Mas... Deus cala-se de vez em quando às minhas solicitações, aos meus pedidos.

Porquê?

O ser humano é feito de bom e de mau. Para além de Maria a Mãe de Deus, ninguém pode escapar a esta realidade: todos nós temos qualidades e defeitos, temos coisas muito boas e coisas muito más. E as más nem sempre temos consciência, certo? Pois bem, eu quando peço algumas coisas a Deus poderei estar a tentar Deus, como o diabo tentou Jesus.

Exatamente. Eu poderei estar a ser uma tentação a Deus! Na minha ingenuidade eu só quero uma coisa simples, do meu ponto de vista. Mas isso poderá estar a servir os intentos do diabo e consequentemente ser uma das causas da minha perdição (alimentando os meus defeitos, as minhas coisas más!) por muito boa e simples seja essa coisa.

EC40EB8F-F87B-4C18-A55C-BAE527101FD4.JPG

Deus cala-se porque nos quer proteger da felicidade, que para nós poderá parecer real e o melhor, mas afinal é venenosa e causa de perdição. 

E esta é que é a verdade.

Vídeo: Homilia do sábado da 8ª semana do Tempo comum do Padre Paulo Ricardo.

Uma baleia engole um homem ??!!

01.06.16, Helena Le Blanc

Quase (quase) todos os dias a minha família tem um momento de oração, antes do Xavier ir para a cama.

Já falei sobre isso: AQUIAQUIAQUIAQUIAQUIAQUI...

E um dos momentos da nossa oração é uma história da bíblia (de livros infantis). Uma das histórias habituais é a história de Jonas...

 

IMG_2933.JPG

 

Há muitas histórias da Biblia, mais especificamente do Antigo Testamento, que se pressupõe serem lendas. São histórias com uma lição para a humanidade. Deus sempre comunicou connosco usando diferentes estilos.

Portanto, cada vez que lemos esta história, ficamos com a sensação que muito provavelmente esta é uma daquelas que são mesmo lendas.

Há algum tempo atrás nós tivemos a oportunidade de fazer uma pequena viagem a Londres. Escolhemos o que achamos, na nossa opinião, ser mais importante visitar tendo em conta o pouco tempo, e um deles foi o Museu da História Natural. 

Recomendamos.

A determinada altura, o meu marido, que ia à minha frente, virou-se e disse-me: agora já sei que há uma probabilidade da veracidade da história de Jonas. Eu não percebi muito bem. Jonas?! Que Jonas?!

Quando entrei completamente na sala percebi extamente o que o James queria dizer!

Acabamos por estar bastante tempo nessa sala a falar sobre o assunto. 

Vejam as fotos: 

IMG_2206.JPG

IMG_2205.JPG

IMG_2207.JPG

IMG_2195.JPG

9C91349D-480C-431B-AC5A-5AAA963F0DC0.JPG

14C46291-C6D7-4085-818D-F28C8B1FA6A4.JPG

Esta é um modelo real da baleia azul. Pode medir até 30 metros e pesar mais de 180 Kilos. Tenho a certeza que este mamífero poderia engolir-nos aos dois, ao mesmo tempo! Estes animais foram muito numerosos em todos os oceanos até ao séc. XX.

IMG_2919.JPG