Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

as surpresas de DEUS!

O nosso diário: aprendemos, vivemos e partilhamos a nossa Fé.

29
Nov15

Preparar o Natal em 4 fases!

Helena Le Blanc

Este domingo é o primeiro dos 4 domingos de ADVENTO, época que antecede o Natal, e que quer dizer chegada e início! De facto é a chegada de Jesus Cristo, filho de Deus, e o início de uma vida nova, de um ciclo litúrgico novo! Hoje acenderemos a 1ª vela do Advento. 

 

Plano da nossa família para o Advento:

 

 

a) Para o 1º domingo de Advento

  1. Ter o presépio já quase todo construído - no nosso caso assume especial importância pois será através dele que iremos explicar ao nosso filho de pequena idade o que é o Natal;
  2. Ter um filme e um livro sobre o nascimento de Jesus, para este Advento;
  3. Ter a casa decorada em acordo com a época natalícia (decorações natalícias diversas);
  4. Ter um calendário de natal, com o tradicional "bombom";
  5. Ter já definido qual será a atividade simbólica para o momento da nossa oração diária: a árvore de natal de Jessé
  6. Ter uma oração diferente, a juntar às habituais Shemá e Consagração (e oração pela nossa ovelha perdida John), de acordo com a época: vamos utilizar a recomendada pelo Pe. Jerónimo da Rocha Monteiro Delegado para a Família Salesiana. LiturgiaFamiliar_I_D_Adv.pdf
  7. Tirar a foto de família;
  8. Obter uma melodia simples para a família treinar com os seus instrumentos musicais;

 

b) Para o 2º domingo de Advento

  1. Visitar um estábulo, ao vivo e a cores, para melhor perceber a realidade do presépio;
  2. Ter a lista de presentes preparada e concluída;
  3. Combinar com a família (avós) onde e como faremos a consoada, e onde e como será o dia de Natal;
  4. Preparar os postais de natal com a foto de família;
  5. Treinar a melodia simples com os instrumentos musicais para preparar um pequeno momento no dia de Natal;
  6. Planear uma peregrinação familiar à porta da Misericórdia da nossa diocese;

 

c) Para o 3º domingo de Advento

  1. Visitar outros presépios;
  2. Preparar lista de compras para as festividades;
  3. Preparar os embrulhos personalizados das prendas;
  4. Triagem (das nossas coisas) para dividir com os outros que precisam mais do que nós!
  5. Enviar os postais de natal com a foto de família;
  6. Combinar com a família/amigos onde e como festejaremos a Passagem do Ano Civil;
  7. Conhecer um PAI NATAL, o grande ajudante o menino bébé Jesus Cristo!

 

d) Para o 4º domingo de Advento

  1. Entregar as prendinhas de natal aos amigos e colegas de trabalho;
  2. Preparar diversos jogos, de forma a que todos os membros da família possam participar;
  3. Preparar músicas de Natal;
  4. Tirar foto da família junto do nosso presépio e levar ao Santuário de Mogofores (atividade comunitária);
  5. Preparar diversos petiscos tradicionais;
  6. Preparar uma oração especial para ser rezada por todos os presentes antes de iniciarmos a consoada e antes do almoço do Natal; 
  7. Fazer uma reunião de família para uma avaliação deste ano civil e estabelecer mudanças para o ano de 2016 (lista de intenções a serem realizadas/concretizadas);
  8. Procurar filmes bíblicos.
  9. Aproveitar o Dia de Natal para estar com a família e: jogar, brincar, tocar a melodia que andamos a treinar, aprender mais sobre a bíblia, comer, rezar...

 

 

Não sei se entretanto ainda acrescentarei alguma coisa a esta lista, mas parece-me que nós estamos preparados para o mais importante: a chegada de Jesus Cristo aos nossos corações.

Apesar de não ignorarmos as pequenas tradições e todos os barulhos comerciais que começam já a andar à nossa volta, estabelecemos o nosso plano que nos permitirá não esquecer do mais importante. 

Com estas propostas iremos aumentar os nossos habituais 7/10 minutos de oração familiar diária para um bocadinho mais. De forma progressiva nós vamos aproximando-nos cada vez mais do essencial: AMAR DEUS! LOUVAR DEUS! ESTAR COM DEUS! 

26
Nov15

O remédio para os males do coração!

Helena Le Blanc

IMG_5918.jpg

Em 2013 o Papa Francisco surpreendeu-me!

Em 2014 tive a oportunidade de ver! 

O nosso Papa é criativo!

"... o Papa Francisco recomendou um “remédio espiritual” chamado “Misericordina” que seria distribuído por voluntários aos presentes, dizendo, em tom de brincadeira: “Alguém pode pensar: o Papa é um farmacêutico agora?”.
"A bem da verdade, este ‘remédio espiritual’ nada mais é do que uma pequena caixa lembrando uma caixa de remédio, contendo no seu interior uma imagem de Jesus da Misericórdia, um terço com as 59 contas, acompanhado de uma ‘bula’ com ‘prescrições’ e posologia, como por exemplo, procurar um local silencioso e ajoelhar-se diante de uma imagem de Jesus da Misericórdia onde está escrito “Jesus, eu confio em ti”. No verso da 'bula', algumas passagens do Diário de Madre Faustina kowalska."
O Papa observou que com aquele terço poderia ser rezado o Terço da Misericórdia, “ajuda espiritual para a nossa alma, para nossa vida e para divulgar em todo lugar o amor, o perdão e a fraternidade”. E insistiu: “Não esqueçam de pegá-la, porque faz bem, eh? Faz bem ao coração, à alma e para toda a vida”."

misericordina_17112013125448.jpg

Se eu acredito no que os jornalistas me dizem todos os dias nas notícias, porque é que não hei-de acreditar no Papa?!

Faz bem rezar um terço que demora 15 minutos? Sim, faz bem!

Custou-me ao inicio. Era estranho rezar o terço, mas depois de várias vezes, comecei a sentir-me bem e tornou-se hábito!

Acredito que rezar o terço poderá ser o remédio para muitos males! Eu experimentei e não me arrependi! 

Basta dar o primeiro passo, que Deus fará o resto...

 

24
Nov15

Catequese familiar: será assim tão difícil?

Helena Le Blanc

IMG_5399.JPG

IMG_5398.JPG

Encontrei esta pintura no museu! Fiz zoom e tirei uma segunda foto: uma mãe a ensinar ao filho quem é Maria, a Imaculada Conceição!

Esta pintura foi feita há muito tempo e parece-me que, pela linguagem não verbal da criança, esta mãe enfrentava o mesmo tipo de problemas que hoje continuamos a enfrentar, ou seja o desinteresse da criança. 

As crianças naturalmente interessam-se pelas brincadeiras, jogos e novidades. Faz parte. É através das brincadeiras e jogos que aprendem e crescem. Obviamente é difícil manter uma criança interessada num espetáculo ou num teatro (que não seja especificamente infantil), numa conversa, num poema, num programa de televisão de adultos, etc.... Assim, apesar de ser difícil insistimos com a criança para ir à escola e aprender, ir ao museu e aprender, ouvir a nossa conversa e aprender....... mas e ir à Igreja e aprender as coisas de Deus? Somos da mesma forma exigentes? Porque a vertente espiritual faz parte do ser humano e tem a mesma importância que a nossa vertente cognitiva, afetiva e física, certo?

Parece-me que, apesar da relutância da criança, esta mãe não desistiu, e continuou a fazer o seu trabalho de mãe junto da sua criança que, para ser feliz, precisa de conhecer as coisas de Deus!

Mas como fazer?

- Apontar e dizer: é Jesus; é Maria, a Mamã de Jesus; é a casa de Deus; é a bíblia, o livro com as histórias de Deus; é um terço com o qual rezamos;

- Rezar para agradecer as coisas boas que temos na nossa vida;

- Benzer antes de sair de casa;

- Rezar o Pai Nosso quando passa uma ambulância;

- Rezar um agradecimento a Deus antes de começar a comer;

- Pedir a bênção ao Sr. Padre;

- Etc...

 

Nós obrigamos as crianças a irem à escola e aprenderem a escrever e a ler. E isto faz sentido para as crianças  porque os seus pais sabem ler e escrever, e sabem muitas muitas coisas. Todos os dias são confrontados com isso e testemunham que é importante irem à escola e aprender.

Agora, fará sentido nós obrigarmos as crianças a irem à catequese, quando nós (pais) não passamos cartão a Deus?! 

Pág. 1/5

Sigam-me

Comentários recentes

  • Helena Le Blanc

    Ola!Obrigada Sr./Sr.ª Desconhecido(a).Vou dar notí...

  • Anónimo

    Mudou-se para o sapo e nunca mais escreveu?Dê notí...

  • Bruxa Mimi

    Boas leituras, Lena!Bjs,Mimi

  • Anónimo

    Bela ideia! Acho que o senhor padre este ano quer ...

  • Helena Le Blanc

    Ola Teresa!É difícil não te reconhecer pelo conteú...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Mais sobre mim

foto do autor